Foto: André Nascimento
- Publicidade -

Cerca de 50 crianças e adolescentes acolhidas em abrigos de Palmas e Porto Nacional participaram de um dia de muita diversão, no sábado, 27, em mais uma edição do projeto “Transforme uma vida: apadrinhe uma criança”, realizado pelo Núcleo de Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes (Nudeca) e pela Escola Superior da Defensoria (Esdep), da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO). Foram parceiros o Lar Batista F.F.Soren, onde a ação foi realizada, e Sesc, que emprestou brinquedos infláveis para as atividades com as crianças. Esta é a segunda edição do projeto.

 

Ações de lazer e cultura, com apresentações de circo, música e teatro, pintura facial, brincadeiras, doação de brinquedos e outras ações integraram a programação que foi realizada no Lar Batista, em Luzimangues, mas que contou com a participação, ainda, de outras casas de acolhida de Palmas e de Porto Nacional, como a Casa Abrigo Tia Messias, Casa Abrigo Raio de Sol, Casa de Acolhida e Abrigo Sementinhas do Amor, além de crianças da comunidade da região.

 

De iniciativa da DPE-TO, o projeto contou com cerca de 200 pessoas como voluntárias ou “padrinhos” e “madrinhas”, apoiando financeiramente ou com atividades no dia do projeto. Coordenadora do Nudeca, a defensora pública Larissa Pultrini agradeceu o apoio das pessoas que apoiaram a ação. “Esse evento só é possível graças a ajuda de todos os voluntários. É muito bom proporcionar àquelas crianças e adolescentes que estão em situação de acolhida um dia só para elas, a gente vê que elas gostam bastante”, disse Larissa. A Defensora Pública lembrou, ainda, que as próprias crianças e adolescentes demonstram ao Nudeca o desejo que o projeto continue.

 

A diretora da Esdep, defensora pública Maria do Carmo Cota, também elogiou o envolvimento dos voluntários, que se dedicaram em todas as áreas, desde a cozinha, atividades de lazer, doação de presentes e apadrinhamento. “Foi um evento excelente, participação em massa, muito organizado, só tenho que parabenizar a nossa equipe e a equipe do Lar Batista pela festa dedicada às crianças e adolescentes acolhidos”, disse a Defensora Pública. Ela reforçou, ainda, a importância das doações, feitas por defensores e servidores da DPE-TO em Palmas, que garantiram a doação de kits escolares e brinquedos.

 

A programação contou com a participação do defensor público-geral no Tocantins, Murilo da Costa Machado, e das defensoras públicas Elisa Maria Pinto de Sousa e Luciana Costa. Servidores do Nudeca e da Esdep participaram como voluntários nas brincadeiras com as crianças.

 

O projeto

O projeto “Transforme uma vida, apadrinhe uma criança” teve sua primeira edição em outubro do ano passado, com a realização de um dia de atividades no Lar Batista e também uma sessão de filme em um cinema da Capital. Em todos os casos, as programações especiais foram possíveis com o engajamento de voluntários.