Sebrae realiza rota gastronômica para identificar pratos com memória afetiva

Publicidade

Publicidade

Além de despertar sensações que aguçam o paladar e saciam a fome, a comida é um campo onde acessamos as lembranças e afetos de momentos que nos fizeram felizes no passado. É com essa perspectiva, que o Sebrae Tocantins e a Prefeitura de Porto Nacional realizam a rota gastronômica de Porto Nacional, cidade distante 60 km de Palmas. O objetivo é identificar pratos que remetem à história do município.

O projeto tem como proposta criar um ambiente favorável para o desenvolvimento dos pequenos negócios de Porto Nacional, estimulando a inovação, criatividade e a competitividade, além de fortalecer a identidade gastronômica local e atrair fluxo turístico para a região.

A ideia da iniciativa, conforme a analista do Sebrae Admary Monteiro, é desenvolver o turismo gastronômico em Porto Nacional, por meio de ações que possam gerar fluxo de turistas, emprego e renda, de modo a impulsionar o desenvolvimento econômico local, com ênfase aos pequenos empreendedores. “Estamos na fase de mapear as histórias desses empreendedores com a essência da cidade. Queremos que o cardápio seja vendido com proposta, com histórias, amor e afeto”.

-- Publicidade --

A analista também destaca que um dos focos da rota é transformar Porto Nacional numa referência gastronômica da região central do Tocantins. “Pretendemos que esta iniciativa seja um atrativo da cidade e que as pessoas tenham vontade de visitar o local porque lembram da comida e das memórias afetivas que os pratos despertam”, pontua.

Segundo Ângela Dantas, diretora da Cultura e Turismo de Porto Nacional, as rotas gastronômicas são tendências em todo País e, nesta mesma perspectiva, eventos desta natureza tem crescido nos municípios do Estado, porque é uma forma de fortalecer a cultura e a história local, por meio da culinária. “Em Porto Nacional está sendo criada a rota gastronômica para que os turistas vivenciem os sabores da nossa terra e tenham a sensação de pertencimento às histórias que o município viveu. A gastronomia está diretamente ligada ao turismo. Então é fundamental levar o turista a conhecer a nossa cultura, por meio dos cheiros e sabores da nossa comida”.

 

 

***

(Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)