- Publicidade -

As negociações financeiras superaram, mais uma vez, as expectativas dos expositores de máquinas e implementos agrícolas na Feira de Tecnologia Agropecuária (Agrotins 2018). A feira iniciou na última terça-feira, 12, e encerra neste sábado, 12, no Centro Agrotecnológico de Palmas, na TO-050, saída para Porto Nacional.

O expositor e diretor da empresa Unicampo, Maicon Crestani, explica que, este ano, em termo de negociações financeiras superaram as exposições das Agrotins anteriores. A empresa expõe na feira desde 2008. O expositor conta que, a cada ano, surpreende com volume das vendas. “A Agrotins realmente é uma vitrine, em potencial do agronegócio tocantinense, a expectativa é movimentar mais de R$ 10 milhões, ultrapassando o ano passado que ficou em torno de R$ 5 milhões”, disse.

Nesta mesma progressão de negócios, conta o diretor da concessionária Disbrava, Luciano Rosa, que nestes quatro dias de exposição na Agrotins já fecharam boas vendas. “Até, ontem [dia 10], fechamos a venda de 72 caminhonetes Ranger e 32 caminhões. Acreditamos que esse sucesso nas vendas é resultado do potencial do agronegócio tocantinense que está em alta”, argumentou.

O setor de máquinas manuais e implementos agrícolas também registra avanços nas negociações. Quem afirma é o diretor da empresa Ferpam,  Ivan Ricardo, expositora na feira desde a primeira edição no ano 2000. “Nós atuamos no ramo de máquinas manuais e implementos agrícolas, atendendo o médio e o pequeno produtor, notamos a busca constante dos produtores, interessados principalmente em lançamento de máquinas. Ainda não temos um saldo de vendas, mas podemos dizer que está sendo um pouco melhor que ano passado”, ressaltou.