Prefeitura de Araguaína prorroga prazo de chamamento para contratação de médicos

Prefeitura Araguaína prorrogou o edital para contratação de 21 médicos que irão atuar na linha frente contra a covid-19. O documento está publicado no Diário Oficial (DO) no último dia 26 e foi retificado no DO dessa quinta-feira, 11. Além do prazo, ampliou também a oportunidade para médicos estrangeiros e brasileiros formados fora do País e a proposta salarial para R$ 20 mil. A medida é necessária devido baixa procura, com apenas três médicos aptos até o momento.

Os profissionais devem apresentar habilitações para inscrição na sala de Recursos Humanos da Secretaria Municipal de Saúde, com sede na Rua Sete de Setembro, n° 555, Centro, das 12 às 18 horas, até o dia 19 de junho. Todos os candidatos devem estar inscritos no Conselho Regional de Medicina do Tocantins e, tanto os brasileiros quanto os estrangeiros formados fora do País precisam estar aprovados no exame do Revalida.

Por se tratar de caráter emergencial, serão convocadas as primeiras pessoas habilitadas, conforme os critérios de classificação do edital. O prazo de vigência do contrato é de 90 dias, prorrogáveis por igual período. O salário proposto que era de R$ 15 mil, foi para R$ 20 mil para 40 horas semanais efetivamente trabalhadas.

As 21 vagas estão distribuídas em seis unidades básicas de saúde (UBS): Avany Galdino, JK, José Resende, Dr. Raimundo, Palmeiras do Norte e Dr. Francisco.

Condições
A lista completa de documentos de habilitação exigidos pode ser encontrada no edital. Só poderão participar do processo de credenciamento as pessoas jurídicas, legalmente constituídas, com capacidade técnica comprovada, idoneidade econômico-financeira e regularidade jurídico-fiscal. Também é estar quite com as obrigações militares e eleitorais, entre outros critérios.

O edital pode ser acessado pelo link https://bit.ly/3epv7j1 e retificação no link https://bit.ly/2XVvnRo