SAMSUNG CAMERA PICTURES
- Publicidade -

A Câmara Municipal de Dianópolis encerra na manhã desta sexta-feira, 15, as atividades do mês de junho. Última sessão do semestre inicia às 9:00h de hoje.

Durante toda a semana a casa se reuniu debatendo importantes projetos para o município, destaca-se na fala de todos os parlamentares a preocupação na liberação de crédito suplementar para a prefeitura, este tema, foi extensamente lembrado nas considerações finais de quase todos os vereadores durante a semana, os quais disseram que, assim que o pedido de crédito suplementar entra na pauta votarão contra, justificando que o executivo municipal não tem trabalhado com planejamento, afirmam.

PREOCUPAÇÃO COM INDÍCES DE SUICÍDO

Outro tema muito lembrado nesta semana foi o grande índice de tentativas de suicídio entre os jovens de Dianópolis. O vereador Djalma Parente (PRB) usou a tribuna da casa demonstrando preocupação e pedindo que executivo, legislativo, judiciário e comunidade se unam para debater e buscar soluções que possam ajudar e auxiliar a juventude dianopolina. Na sessão de quinta-feira, 14, Djalma Parente solicitou ao presidente da casa que seja realizada audiências públicas nos bairros e colégios do município. “Precisamos cuidar da nossa juventude, não podemos deixar que conflitos internos gerados pela depressão destruam as suas perspectivas de futuro, nós precisamos nos unir e lutar pela valorização da vida”. Discursou na noite de ontem.

PROGRESSÃO DOS PROFESSORES DE DIANÓPOLIS

O presidente da Câmara, vereador Julian Oliveira (DEM) apresentou indicação ainda ontem, solicitando que o prefeito Padre Gleibson Moreira (sem partido), garanta a progressão vertical dos professores do município. “O professor deve ser prioridade, nossos profissionais já trabalham enfrentando a falta de estrutura, mais ainda assim além de educadores são a força motriz que gera a garantia de futuro de nossas crianças, que geram sonhos”. Afirmou ao defender a aprovação do pedido na tribuna da casa.

 

RELATORIA, PROJETOS DE LEI E OS 100 ANOS DO BARULHO

Diversas relatorias foram apresentadas nesta semana, projetos de lei do executivo que entraram em pauta, tiveram pareceres favoráveis passando por votação no primeiro turno com aprovação unanime dos parlamentares.

Entre os projetos de lei que foram aprovados, está o de autoria dos vereadores Djalma Parente, Gena Ferreira e Julian Oliveira que denomina que o prédio da Unidade Básica de Saúde (UBS) do setor Nova Cidade II receba o nome do Dr. Abílio N. W. Araújo homenageando o filho desta terra. O projeto já foi votado e aprovado em primeiro e segundo turno.

Entraram ainda na pauta os projetos de lei do executivo, entre eles o que cria o plano de amortização de déficit atuarial do RPPS de Dianópolis, com o parecer favorável do relator, vereador Gena Ferreira (PSD), o projeto foi votado e aprovado em primeiro turno assim como o projeto de lei que reestrutura o Conselho Municipal de Turismo (CONTUR) que teve como relator o vereador Amilton Tuca Lula (PT).

O projeto de lei nº 013/2018 instituiu o dia 16 de janeiro no calendário fixo do município como Dia Oficial do Barulho de Dianópolis. Para acompanhar a votação do projeto de lei estavam presentes na sessão as representantes da comissão do projeto “100 anos do Barulho” Fabíola Wolney e da presidente da Academia Dianopolina de Letras, Professora Nisinha, quem lutam pela valorização da cultura dianopolina.