Ações em Colinas do Tocantins e Araguaína marcam celebração do Dia Internacional do Voluntário

O Dia Internacional do Voluntariado é comemorado nesta quinta-feira, 5. A data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1985 para estimular as pessoas a adotarem iniciativas de apoio ao próximo. No Brasil, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),  mais de sete milhões de pessoas são voluntárias.

Parte dessa turma que dedica tempo para ajudar os outros está no Norte do Tocantins. Cerca de 15 profissionais da VLI, companhia de soluções logísticas que integra ferrovias, terminais e portos (entre eles, os terminais de Palmeirante e Porto Nacional, ambos no estado), se uniram para contribuir com cerca de 80 pessoas Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado – CMAEE de Colinas (TO).

Foto: Divulgação

O local conta com uma equipe multidisciplinar de fonoaudiólogos, psicólogos e professores de libras que atendem pessoas surdas, autistas e com problemas na fala. As famílias ganharam cestas básicas e os alunos receberam roupas. O encontro com voluntários ocorreu nesta tarde, na sede da instituição, e foi recheado de emoção.

 “Para nós, voluntários, é uma alegria poder ajudar. Acredito no poder transformador desse tipo de ação, sou voluntária há oito anos e sempre traz um sentido novo”, enfatizou a assistente administrativa da VLI, Nathalia Gomes Santos.

A professora de Libras do CMAEE, Darlla Rezende, comemorou o apoio e o encontro. “Agradeço essa iniciativa dos voluntários. É uma satisfação para o Centro saber que os profissionais da VLI têm interesse em promover a inclusão”, ressaltou.

Em Araguaína

Na próxima segunda-feira, 9, outro grupo de voluntários fará a entrega do espaço de convivência do Colégio Estadual Rui Barbosa, em Araguaína.

Nas últimas semanas, os empregados da VLI arrecadaram recursos para mobiliar uma área e criar um espaço de convivência para o colégio, que atende 23 alunos. O local foi pintado/reformado e ganhou móveis planejados.  

“Escolhemos o colégio porque percebemos que a maioria dos alunos estudam em tempo integral. Faltava um espaço para o descanso, lazer e outras atividades, entre elas, o artesanato”, explicou a coordenadora dos voluntários em Araguaína, Renata Pereira Silva.

As ações em Colinas do Tocantins e Araguaína são desenvolvidas pelo VLI Solidária, iniciativa da VLI de estimular seus profissionais a atuarem em atividades voluntárias nas comunidades próximas às operações da companhia.

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de contribuir para a transformação da logística no país, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). Escolhida como uma das 150 melhores empresas para se trabalhar pela revista Você S/A pelos últimos cinco anos e a primeira colocada do segmento de Logística e Transporte em 2019, a VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

___

(Precisa Assessoria)