Governo do Tocantins leva o projeto Foco no Fogo aos municípios de Itacajá e Goiatins

Os moradores da zona rural dos municípios foram orientados sobre os riscos que as queimadas podem trazer nessa época do ano

Finalizou nesta sexta-feira, 06, mais um ciclo de visitas do projeto Foco no Fogo aos moradores da zona rural do Tocantins. Desta vez, as orientações sobre os riscos e prejuízos que as queimadas nesse período do ano podem trazer para a saúde das pessoas, bem como aos recursos naturais foram repassadas para a população dos municípios de Itacajá e Goiatins.

O projeto Foco no Fogo está percorrendo o Estado desde junho por meio da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e seus parceiros, membros do Comitê Estadual de Combate aos Incêndios Florestais e Controle de Queimadas no Tocantins (Comitê do Fogo).
No total, já foram atendidos 27 municípios que apresentaram altos índices de queimadas no ano de 2020, de acordo o ranking do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e dados consolidados do Centro de Monitoramento e Manejo do Fogo (Cemaf/UFT).

Segundo a titular da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Miyuki Hyashida, as equipes técnicas realizam um trabalho extremamente relevante, que é o de levar informações sobre o uso do fogo à mulher e ao homem do campo. “Temos sempre que informar e valorizar os moradores do campo que vivem nas localidades mais distantes e que, por vezes, mantêm o hábito de realizar queimadas nas propriedades sem o conhecimento que nesta época do ano, essa atitude pode resultar em uma queimada descontrolada”, disse a secretária.

No dia 19 de julho deste ano, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE-TO), a Portaria n° 118, que suspendeu a emissão e a vigência das Autorizações Ambientais de Queima Controlada no Estado do Tocantins, no período entre 20 de julho e 20 de novembro de 2021. A Portaria não se aplica às ações do Manejo Integrado do Fogo (MIF), desenvolvidas exclusivamente nas Unidades de Conservação de Proteção Integral e nas comunidades tradicionais do Estado do Tocantins.

A diretora de Desenvolvimento Sustentável da Semarh e coordenadora da parte logística das ações, Karynne Sotero, frisa que o trabalho de Educação Ambiental é de extrema importância para conseguir reduzir a cada ano os índices de queimadas no Tocantins. “Neste ano fomos em lugares que já visitamos pela segunda ou terceira vez e que nos deixa animados é que  deparamos com moradores que mudaram os hábitos de colocar fogo, graças às orientações feitas nos anos anteriores”, afirmou.

Em Itacajá, a prefeita Maria Aparecida Rocha considerou de grande valia a realização do projeto. “Desenvolvemos diversas ações na área ambiental em parceria com o Governo do Tocantins, e os resultados têm sido positivos. E com mais esse trabalho de conscientização, esperamos que os moradores  possam compreender a necessidade de evitar as queimadas e os incêndios forestais”, disse.

Ainda em Itacajá, a dona de casa Anastácia Sena, destacou os benefícios de receber as equipes com informações sobre o fogo. “Tivemos a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre como devemos agir em caso de incêndios aqui na nossa região, e recebemos os materiais com mais orientações que vão nos ajudar na prevenção das queimadas”, afirmou.

No município de Goiatins, o secretário do Meio Ambiente, Murillo Alencar acompanhou as ações e apontou o aproveitamento das ações na região. “Receber o projeto Foco no Fogo na nossa cidade foi muito satisfatório principalmente devido ao nosso território geográfico ser muito extenso e as queimadas serem um dos principais problemas que temos aqui. Acredito que através das orientações, poderemos reduzir os focos de queimadas”, declarou.

As equipes parceiras do projeto Foco no Fogo estiveram na propriedade do produtor rural Antônio Cardoso, que salientou a relevância de conhecer os canais de comunicação que atuam no suporte sobre dúvidas em relação ao fogo. “Considero muito boa essa iniciativa do pessoal do Foco no Fogo que esteve aqui na nossa região repassando os informativos sobre as queimadas, que são perigosas para nossa saúde”, pontuou.
Entre as ações de prevenção às queimadas, a Semarh publica o Boletim Diário de Riscos de Queimadas e possui também o WhatsApp Consciente. Por meio do número 9 9988.0030, o cidadão poderá ligar para ter informações ou fazer qualquer denúncia sobre crime ambiental.

Parceria
Junto às atividades do projeto Foco no Fogo, vem sendo realizada ação de assistencialismo, fruto de uma parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES), que entregam cestas básicas com alimentos e kits de prevenção contra o novo Coronavírus, causador da Covid-19, que contêm máscaras descartáveis e álcool em gel para famílias carentes da zona rural.

Além dos servidores da Semarh, participaram das ações nesta semana, representantes da Defesa Civil Estadual, da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) do Exército Brasileiro, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), das prefeituras locais, da Energisa e Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins (CBM-TO).

As visitas às propriedades da zona rural vão até o final do mês de agosto e as ações do projeto Foco no Fogo seguem obedecendo todos os protocolos de segurança e prevenção neste período de pandemia. Ainda serão atendidos os municípios de Axixá, Araguatins, Sítio Novo, Luzinópolis, Angico, Riachinho e Ananás.

 

 

***
Robson Corrêa/Governo do Tocantins