Mulher é presa pela Polícia Civil com drogas e munição de fuzil em Lagoa da Confusão

A Polícia Civil do Estado do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Lagoa da Confusão, deflagrou na manhã desta segunda-feira, 14, naquele município mais uma operação de combate à criminalidade, a qual resultou na prisão de uma mulher de inicias D.R.S, de 23 anos de idade. Ela é suspeita dos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito e foi presa em flagrante delito ao ser abordada em sua própria residência com porções de maconha e munição de fuzil, calibre 762.

De acordo com o delegado Hismael Tranqueira, responsável pelo caso, a equipe da DPC de Lagoa recebeu inúmeras denúncias informando que a mulher, que já tem condenação por tráfico de drogas, no ano de 2017 e estava atualmente cumprindo pena no regime aberto, teria voltado a residir em Lagoa da Confusão, onde, supostamente, estaria utilizando a própria residência como ponto de venda de drogas.

Com base nas informações levantadas, os agentes realizaram campanas nas imediações do imóvel e por várias vezes flagram um intenso fluxo de usuários entrando e saindo da casa no intuito de adquirir substâncias entorpecentes. Diante dos fatos, os policiais civis adentraram no imóvel e após uma minuciosa busca, localizaram e apreenderam, em um dos cômodos da residência, porções de maconha, bem como munição de fuzil.

Diante dos fatos, a mulher foi presa e conduzida até a sede da Delegacia de Polícia Civil de Lagoa da Confusão, onde foi autuada em flagrante por tráfico de drogas e posse ilegal de munição de uso restrito. Após a realização das providências legais cabíveis, D.R.S foi recolhida a Unidade Prisional Feminina de Palmas, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.