Foto: Divulgação
- Publicidade -

A Praia da Graciosa, em Palmas, recebe neste sábado, 03, a 4ª edição do Festival de Basquete 3×3. A abertura está marcada para 16h30, com início dos jogos a partir das 17h. Participam 6 equipes da categoria superior, 3 equipes sub-13 e quatro femininas.

“Estamos com uma grande procura, o que gera uma expectativa muito positiva sobre o evento. Essa competição antecede um grande torneio, a Taça 13 PMW, prevista para setembro no mesmo local, e é uma boa oportunidade para os atletas se prepararem pelo que vem pela frente. Estamos confiantes de que será um sucesso, visto que o público e os praticantes do basquete 3×3 vem crescendo cada vez mais”, afirmou o organizador do evento, Eduardo Silveira.

O evento é uma parceria da Federação Tocantinense de Basquete com o restaurante Dona Maria Beach, que cuida voluntariamente da conservação da quadra poliesportiva da praia. “É muito importante esse apoio e incentivo ao esporte, não apenas ao basquete, mas a todos que estamos incentivando na praia. Nós acreditamos na mudança que faz o esporte na vida de uma criança e de todos que praticam. Mais que movimentar a praia, nós apoiamos e fomentamos o turismo para promover qualidade de vida para todas as pessoas, de todas as idades. Sempre onde tem esporte tem algo positivo, então fica nosso convite para virem assistir porque mesmo quem não gosta de esporte pode passar a se interessar”, convidou André Kconde, coordenador de esportes e aventura do Dona Maria.  

Conheça a modalidade:

O 3×3 se inspirou em diversas formas de basquete de rua praticadas em todo mundo. Diferente do basquete convencional, é disputado em uma quadra que possui metade do tamanho das oficiais, mantendo as demarcações originais, como uma linha de lance livre, uma de dois pontos, e um semicírculo abaixo da cesta. As equipes possuem três jogadores, mais um substituto.

As partidas têm duração de 10 minutos ou são finalizadas quando uma das equipes atinge 21 ou mais pontos. Em caso de empate, a disputa vai para uma prorrogação, onde a primeira equipe a marcar dois pontos é a vencedora.

É um esporte olímpico desde 2017.