Foto: Aline Batista / CM Palmas
- Publicidade -

Na manhã de terça feira, 10, o vereador Milton Neris (Progressistas) usou a tribuna da Câmara de Palmas para destacar a importância do orçamento da educação municipal. O vereador informou que muitas unidades educacionais estão passando por dificuldades por falta de recursos.

Neris lembrou que a Câmara tentou fixar o mínimo de 30% do orçamento do município para a educação, no entanto, não obtiveram êxito. “Não tem como a educação de palmas funcionar se nós não fizermos o esforço para que no mínimo 30% do orçamento seja destinado para a educação. Isso ocasionará a continuidade dos serviços que necessitam desses valores, bem como transformará a educação do nosso município. Temos diversas estruturas da educação paradas, como por exemplo, a unidade da creche do setor Bertaville, na região Sul”, contou o vereador.

PL da gestão democrática

Na ocasião, o vereador explanou acerca do Projeto de Lei em tramitação na Casa, que trata da gestão democrática e dispõe sobre autonomia financeira e administrativa das escolas públicas municipais. Isso significa que pais e alunos poderão decidir as ações que serão desenvolvidas em suas escolas. Neris ressaltou que o poder executivo não solicitou ao parlamento prioridade na votação da matéria.

Desta forma, o vereador solicitou ao presidente da Casa uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Tocantins (SINTET) e todos os vereadores, para que o Projeto seja tratado e votado com urgência na Câmara.

“A educação tem que ser tratada com prioridade. Nós precisamos votar este projeto dando a sociedade de Palmas o que, no meu entendimento, é o empoderamento e democratização da educação”, solicitou Neris.