Agentes penitenciários realizaram revista na CPP de Porto Nacional

Publicidade

Publicidade

A Casa de Prisão Provisória de Porto Nacional (CPP Porto Nacional) passou por revista nesta quinta-feira, 30, a operação contou com 20 Técnicos em Defesa Social (TDS) e se trata de um procedimento padrão e de rotina que visa à segurança dos reeducandos, dos servidores e demais públicos que frequentam o ambiente carcerário.

-- Publicidade --

A revista foi realizada nas oito celas da unidade e iniciou ás 6 horas, sendo finalizada ás 11 horas. O diretor da CPP de Porto Nacional, Marconi Nestor Cardos Pereira, explicou que a revista tem a finalidade de reforçar os protocolos de segurança e inteligência nas unidades prisionais, e também buscam desarticular planos de fuga, manter a ordem nas unidades e garantir a integridade física da população carcerária.

Durante a revista foram apreendidos 12 celulares, 20 chunchos, duas facas artesanais e cerca de 300 gramas de maconha. “Continuamos fiscalizando todas as tentativas que surgem de burlar a segurança no sistema prisional. Estamos atentos às movimentações e agindo sempre em operações de revista para evitar que os objetos proibidos continuem circulando nas unidades”, destacou o diretor.