- Publicidade -

Após deixar o partido em que foi eleito, o PSB, o prefeito de Dianópolis Padre Gleibson, vinha negociando com dois grupos de candidatos ao governo do Tocantins na eleição suplementar.

O prefeito de Dianópolis teve toda a estrutura do DERTINS do governo de Carlesse liberada para fazer uso em suas demandas. O fato inclusive fez com que Carlesse perdesse o apoio de vários líderes na região que estavam envolvidos a mais tempo na campanha. Após o acontecido, por pouco não houve uma debandada já que o prefeito de Dianópolis chegou a ser cotado para ser coordenador de juventude de Carlesse em toda a região sudeste.

Não é oficial, mas Gleibson deve anunciar esta semana seu apoio ao senador Vicentinho Alves do Partido da Republica. O candidato está posicionado em primeiro lugar em praticamente todas as pesquisas realizadas no estado.

Em matéria publicada no portal T1 Notícias o prefeito teria dito a seguinte frase “preciso encontrar um caminho para cuidar do meu povo” para justificar seu apoio à Vicentinho Alves.