Damaso surpreende e é pré-candidato a governador que mais conquista apoios nesta pré-campanha

Publicidade

Publicidade

O cenário para a disputa ao Governo do Tocantins segue totalmente incerto. Mas, uma coisa é certa: nenhum pré-candidato a governador cresceu tanto nesta pré-campanha quanto Osires Damaso (PSC). Quem apostava num cenário polarizado na corrida pelo comando do Palácio Araguaia não previa seu crescimento. Ele tem surpreendido aliados e adversários com sua capacidade de diálogo e articulação política e foi quem mais conquistou apoios ao seu projeto para governar o Estado.

No início da pré-campanha, Damaso começou apenas com o apoio do PSC, sigla da qual é presidente regional e que conta com seis prefeitos e com o deputado estadual Júnior Geo, uma das principais lideranças políticas do Tocantins que declarou total apoio à sua postulação. Em seguida, ele conquistou também o PSB, PSD, PRTB e Avante, além de prefeitos e lideranças políticas de outras legendas.

A avaliação feita por seus aliados é que o perfil de Damaso vai ao encontro do que a população espera do próximo governador: conhecido por sua credibilidade, honestidade, capacidade de gestão, atuação municipalista e por honrar compromissos, ele tem uma extensa lista de serviços prestados ao Estado, com a destinação de recursos a todos os municípios tocantinenses.

-- Publicidade --

Foram mais de R$200 milhões em emendas parlamentares direcionados para investimentos em Saúde, Educação, Segurança Pública, Agricultura e Infraestrutura, conforme a necessidade de cada cidade.

Além do histórico de realizações, Damaso tem um projeto estruturado para que o Tocantins tenha um futuro promissor. Seu plano de governo visa a construção de um Estado moderno, industrializado e respeitado, e, mais do que isso, busca fortalecer a parceria com os prefeitos, para levar benefícios a toda a população, sobretudo os mais vulneráveis.

Esses atributos e a expectativa de construir um Estado melhor para todos atraíram o apoio de vários prefeitos de todas as regiões, como Paraíso, Praia Norte, Lavandeira, Dueré, Goianorte, Brasilândia, Arraias, Bernardo Sayão e outros que, embora não tenham feito declaração oficial, manifestaram desejo de ver Damaso eleito e se mostraram dispostos a trabalhar para que isso aconteça.