Afinal, o carnaval de Dianópolis é ou não é importante?

Antes de mais nada, quero reafirmar que este editor não possui qualquer vinculo político, pessoal, ideológico ou empregatício com o gestor municipal. Escrevo buscando a atemporalidade da importância da maior e mais popular festa do povo brasileiro.

A resposta para o título deste editorial é sim, o carnaval de Dianópolis é extremamente importante. Seja por ter público definido, seja por historicamente fazer parte do calendário dos grandes eventos do Tocantins e ser um dos primeiros destinos de turistas dos mais diversos locais do Brasil.

Hoje após observar um debate levantado em um grupo de WhatsApp de Dianópolis, onde se busca mais condenar e criticar aqueles que fazem algo, por aqueles que nada fazem, fez uma rápida visita aos comércios da cidade. Fui em pequenos e grandes mercados, distribuidoras de bebidas, hotéis, padarias, lanchonetes e até em uma borracharia. Em todos estes locais fiz a mesma pergunta aos seus proprietários: O carnaval de Dianópolis é ou não é importante?

Todos, majoritariamente responderam que sim!

Alguns foram mais além ao afirmarem que, por eles, a cidade teria ao menos quatro carnavais por ano.

O comércio é o primeiro que sente a importância dessa festa. O carnaval demonstra e reafirma o potencial turístico dianopolino que deveria merece ser mais explorado com criatividade durante todo o ano.

Grade das atrações do DianóFolia 2020, divulgadas pela prefeitura no Facebook

Contexto tradicional do DianóFolia

Os blocos tradicionais da cidade sempre são lembrados ao encontrar com qualquer turista, de qualquer lugar do país que visitou a cidade nos dias da festa do momo. A tradição dianopolina ao longo de sua história ganhou novos formatos, a cada ano se transforma e se reforça com ou sem a mão do poder público.

Se formos falar em concorrência dentro do Tocantins, a única cidade que preserva a mesma tradição de Dianópolis é Gurupi, que sempre investiu mais tripulo do que a prefeitura das Dianas. Gurupi muita vez chega a casa do milhão quando se trata de investimento do seu carnaval.

Sim, carnaval também é investimento. Não se trata de uma simples festa. Não fosse Dianópolis uma cidade de polo turístico, o debate seria outro.

Mas então, por que as pessoas tanto criticam quando uma prefeitura decide gastar com carnaval, e quando decide não gastar, estas mesmas pessoas encontram outro motivo para criticar?

Simples. Algumas personalidades apenas querem falar, aparecer, ganhar audiência em torno de algo que se quer compreende ou busca compreender com informações reais, procedentes.

Por outro lado, existe o fator de recursos que são alocados por lei e devem ser gastos para um fim específico.

No caso do carnaval 2020 de Dianópolis, há que se tirar o chapéu para o município que foi atrás e conquistou duas emendas para a realização da festa. R$ 200 mil através da deputada estadual Luana Ribeiro e mais R$ 140 mil com a deputada estadual Claudia Lelis. Segundo consta, estes valores serão destinados ao pagamento de atrações.

É preciso aplaudir as deputadas que enxergaram a importância de Dianópolis e de seu carnaval.

Dianópolis poderia ter um carnaval de R$ 1 milhão de reais. Por que não? Com envolvimento público e privado, trabalhando com mídia em todas as grandes cidades da região centro-norte do Brasil, trazendo grandes atrações nacionais, mas que respeitem o gosto do público já conhecido, potencializando de forma inédita a estrutura aos blocos tradicionais e também aos novos que podem surgir. Tudo isso com planejamento, transparência e principalmente, com foco a aquecer o comércio e fortalecer o turismo da cidade e região.

Questionou-se o valor de uma banda que está em ascensão meteórica, como acontece muito nesse setor do show business. Vi que uma pessoa questionou que a mesma banda, em agosto ou outubro passado, cobrou um cachê de R$ 80 mil reais em determinado lugar, cobrando agora em Dianópolis o valor de R$ 140 mil. Fui atrás pesquisar. Algo que geralmente falta nos debates de redes sociais. A informação realmente procede, consultei um dos escritórios que gerencia a atração em questão. No mercado, há que se compreender a volatilidade que é mais acelerada que outras áreas. Esta mesma atração se apresentará em uma cidade do Tocantins, o que ninguém notou, ou fazem questão de não notar e que esta banda receberá R$ 14 mil, aproximadamente, a menos para se apresentar em Dianópolis.

R$ 415 mil reais é um grande valor, concordo. No final das contas a prefeitura deverá bancar de seu próprio cofre cerca de R$ 140 mil. O restante vem por meio de emenda.

Vamos fazer o dever de casa?

Que tal pesquisar a nível de Brasil, qual o valor que outras cidades com o mesmo porte de Dianópolis e potencial turístico tem investido em suas festas de carnaval.

Eu fiz minha pesquisa, deixo que o caro leitor, concordando ou não comigo, faça a sua e note, que o valor gasto no carnaval de Dianópolis é tímido e está aquém de sua grandeza turística, histórica e tradicional.

Ouso dizer que Dianópolis terá neste ano, um de seus carnavais mais grandiosos, organizados e de forma inédita, 100% popular.

Haja o que houver,

Kim Nunes – Editor