- Publicidade -

Há pelo menos duas semanas o assunto nas rodas de conversas e redações de política não passava de um burburinho fraco, mas o assunto ganhou contornos mais claros desde ontem, inclusive pela divulgação em um portal de Palmas que confirmou o acordo entre Carlos Amastha (PSB) e o deputado federal Vicentinho Júnior (PL) para as eleições 2020.

Acordo de Amastha e Vicentinho Jr. incluiria o licenciamento do deputado federal por quatro meses, permitindo que o vereador do PSB Thiago Andrino, pupilo do ex-prefeito de Palmas, assuma uma vaga na Câmara dos Deputados.

Muitos ainda acreditam não ser crível esta articulação, haja vista que o portuense Vicentinho recebeu em Palmas apenas 2.616 votos nas eleições de 2018 quando foi reeleito deputado federal, enquanto Tiago Andrino, que foi derrotado, obteve na capital 9.777 votos.

De acordo com a publicação da Folha Capital, o acordo foi sacramentado dias depois da relação entre a ex-vice-prefeita de Amastha e atual prefeita de Palmas Cinthia Ribeiro (PSDB) azedar de vez, com o bloqueio do empresário nas redes sociais dela. Amastha disse que esta seria “a maior traição da história”.

O portal Tocantins Agora entrou em contato com o deputado Vicentinho Jr, que visualizou nossa mensagem em WhatsApp na manhã desta quinta-feira, 15, mas até o fechamento desta matéria não havia retornado.

Já o vereador de Palmas, Tiago Andrino se manisfestou rapidamente em sua conta no twitter há dois dias, levando o assunto como brincadeira dizendo que não estava sabendo da articulação.

Veja a postagem do vereador;