Obras de pavimentação em Dianópolis totalizam mais de 30 mil m²

Dianópolis está se transformando em um canteiro de obras de pavimentação. Já são mais de 8 mil m² de asfalto em andamento e esse número vai subir para

Quase 30 mil m², unindo a I com a II etapa das obras, que devem ser finalizadas até o final de novembro deste ano.

Na tarde desta quarta-feira, 9, o prefeito Padre Gleibson Moreira, acompanhado dos técnicos, Fagner Camelo, Donis Rodrigues e o engenheiro, George Nunes Milhomens, protocolaram na Superintendência da Caixa Economia Federal (CEF), em Palmas, apresentou a documentação técnica para atendimento das pendências informadas pela GIGOV/PM para liberação de quase R$ 2 milhões para pavimentação em Dianópolis.

A emenda, no valor de R$ 1.869.731,80 com contrapartida do município, no valor de R$ 28.045,97 é do ex senador, Ataídes Oliveira e vai contemplar a II etapa das obras de pavimentação que estão sendo executadas no município. “Esta é a última etapa do processo. Agora a Caixa avalia e libera para que possamos licitar o serviço. Mais uma conquista para Dianópolis. Agradeço ao amigo Ataídes Oliveira, em nome da nossa comunidade”, disse o prefeito.

Na I etapa, que teve início no mês passado, a Prefeitura está em fase de compactação nos setores, Bela Vista, Brasil, Santa Luzia, Nova Cidade e Cavalcante, totalizando 8 mil m² de área com obras para pavimentação. A II etapa vai beneficiar novas Ruas dos respectivos setores e também, acrescentando o Novo Horizonte, que terá quase 100% de suas Ruas asfaltadas. Nesta II etapa a área total a ser pavimentada totaliza 22.590,43 m². Com as duas etapas a Prefeitura calcula um total de mais de 30 mil m² de pavimentação na Terra das Dianas.

Além da pavimentação, a obra (etapas I e II) compreende construção de quase 15 mil m² calçada, aproximadamente 10 mil metros lineares de meio fio, além de sinalização horizontal e vertical. “Além destas etapas, recebemos a confirmação do Senador Irajá Abreu, com mais R$ 343.800,00 para asfalto, que vai contemplar as Ruas Pernambuco, Maranhão, Recife e Paranaíba, no setor Cavalcante”, finalizou o prefeito.

I etapa:

Setor Brasil – Rua Espírito Santo, Rua Pará, Rua Rio de Janeiro, Paraná. No setor Bela Vista – Rua 1 D, Rua 1 C e Rua 6 A. No setor Santa Luiza – Rua 02. No setor Nova Cidade – Rua 08 (Entre Igreja do Divino e Praça da Juventude) e Rua 06 (Paralela à Rua 08). No setor Cavalcante – Rua das Mangueiras e Rua Alagoas (Próximo a Feira do Bode).

II etapa:

Setor Brasil – Rua Minas Gerais, Setor Cavalcante – Rua do Lazer. Na Nova Cidade – Rua 21, entre Rua 8 e Professor Gabriel, Rua 19, entre Rua 8 e Professor Gabriel, Rua 17, entre rua 08 e Professor Gabriel, Rua S, Q, P e D (entre a Rua H com Rua 2), Rua 1 A, Rua 6 A, Rua 1 E e Rua 1 B. No Bela Vista – Rua Tumalina, Rua Safira, Travessa Granito (entre Rua Tumalina e Rua Quartzo). No setor Novo Horizonte – Rua Dr Félix da Silva, entre Rua do Ouro e Rua Wolney Filho, Rua 50 entre a Avenida Goiás, Rua João Batista Leal (entre a Avenida Goiás e João Pinto Póvoa), Rua São José, Rua Capataz Nazário (entre João Pinto Póvoa e São José – mão dupla), Rua Messias Rocha (entre João Pinto Póvoa e São José), Rua São José B, Rua Bahia (entre São José e João Pinto Póvoa), Rua João Batista Leal (entre a Rua São José e João Pinto Póvoa). As Ruas Madre Consolata e Rua Antônio Póvoa, nas proximidades da DRE, serão calçadas com bloquetes com processo em andamento e recurso próprio.