Professores, alunos e funcionários escolherão diretor para mandato tampão no IFTO de Dianópolis

Publicidade

Publicidade

Está acontecendo no Instituto Federal de Dianópolis campanha que elegerá o seu próximo diretor, contudo esta eleição definirá o novo gestor para um mandato tampão, aquele que for eleito, tomará posse apenas em fevereiro do próximo ano, e por um período muito curto, pois, segundo apurou o portal de notícias SUDESTE AGORA, novas eleições podem ser convocadas a partir de maio de 2018, desta vez, o eleito cumprirá um mandato de quatro anos.

Duas chapas concorrem neste pleito e são encabeçadas pelo atual diretor Jonas Britto e o professor Pietro Lopes. As eleições do IFTO de Dianópolis possuem três colegiados que são formados por alunos, funcionários e professores, cada colegiado, independente do quantitativo, possui o mesmo peso em portagem que define o resultado final. O portal de notícias sudeste agora entrou em contato com os dois candidatos, para ambos foi enviado uma relação de perguntas que concluiriam a produção desta matéria. O portal solicitou ainda o envio do plano de gestão dos candidatos para dar a mesma publicidade.

Confira a baixo o que disse o atual diretor Jonas Britto;

SUDESTE AGORA: Quais são os principais desafios do Campus de Dianópolis do IFTO para os próximos anos?

JONAS BRITTO: Os principais desafios estão relacionados com os contingenciamentos orçamentários e a não liberação de novos códigos de vaga para concurso público, impostos pelo Governo Federal.

SUDESTE AGORA: Quais avanços o senhor destaca?

Em pouco mais de 4 anos o Campus Dianópolis se destacou no âmbito do IFTO pelo seu avanço no sentido da infraestrurua, recursos humanos, ensino, pesquisa e extensão, estando no patamar de campi com mais de 7 anos e localizados em municípios mais desenvolvidos do Estado.

SUDESTE AGORA: Quais propostas de seu plano de gestão podem ser destacadas como principais bandeiras de luta?

-- Publicidade --

JONAS BRITTO: Dentre as diversas propostas direcionadas à melhoria da qualidade de ensino e ao bem estar dos estudantes e servidores destaco a finalização da obra do bloco de 32 salas previsto para dezembro próximo, construção do refeitório, disponibilização e estruturação de ambientes para as representações estudantis, disponibilização e estruturação de ambientes de convivência para estudantes e servidores, aumento do número de equipamentos para laboratórios em geral e computadores para laboratórios de informática e departamentos administrativos e incremento do link de internet, capacitação dos servidores e incentivo para análise mais ampla da comunidade para distribuição dos recursos da assistência estudantil.

SUDESTE AGORA: As demandas de servidores e alunos são diferentes? Para cada seguimento, o que o senhor pretende fazer para convencê-los a escolher o seu nome na urna?

JONAS BRITTO: Há demandas comuns e específicas, sendo que os servidores necessitam de ações voltadas para a qualificação, bem estar e melhores condições de trabalho, enquanto os estudantes demandam ações relacionadas com a melhoria da qualidade de ensino, assistência estudantil, evasão e retenção.

SUDESTE AGORA: Qual mensagem o senhor deixa para seus eleitores?

JONAS BRITTO: Que continuem acreditando em dias melhores e por tudo que fiz até hoje pela nossa instituição, que confiem no nosso trabalho e proposta de gestão para continuarmos e consolidarmos o projeto inicial implantação do Campus Dianópolis.

O portal Sudeste Agora enviou estas perguntas no mesmo dia para ambos os candidatos, mas, somente Jonas Britto nos respondeu até o fechamento desta pauta, a qual seguramos desde o último dia 12 no aguardo pelas respostas e plano de gestão do candidato Pietro Lopes. A qualquer momento que o candidato queira se manifestar o portal continua à disposição.

Abaixo, confira o anexo enviado pelo candidato Jonas Britto

PLANO GESTÃO JONAS 2018