Um infográfico de esperança e liberdade PARTE 1

Publicidade

Publicidade

Caros leitores, desde a última quinta-feira este portal de notícias iniciou um levantamento para desenvolver matéria investigativa para discorrer sobre os gastos da gestão municipal de Dianópolis.

Publicamos como “chamada” para esta matéria a arte que segue a baixo cuja a fonte é o portal da transparência. Nenhuma vírgula dos números foge ao que está lá.

Vamos por partes, ou empresas citadas.

JP MARTINS RIBEIRO –ME

Esta empresa foi criada no dia 06 de fevereiro deste ano, algumas pessoas relataram ao portal algo que é minimamente incomum, para assim dizer. E por isso nós fomos investigar, na verdade não precisou de muito, apenas ficar atento ao portal da transparência e fazer neste caso um pequeno cruzamento com as informações.

Esta empresa está contratada no primeiro espelho que aparece no portal da transparência para realizar ‘serviços de gestão de convênios e contratos de repasse, com ênfase em operação no SINCOV e atuação como gerente municipal de convênios junto à Caixa Econômica Federal” e pelo período que corresponde fevereiro à março deste ano a empresa recebeu o valor de R$ 4.000,00. Até aí tudo ok, certo? Poderia ser não fosse o fato deste contrato acontecer com apenas 04 (QUATRO) dias de sua criação juntamente com o empenho. Pelo período deste primeiro contrato pode-se compreender que a empresa recebeu o valor de R$ 2.000,00 por mês que foram liquidados em 12 de Abril.

Panos quentes, só que não.

Em 14 de Abril aparece outro empenho desta vez no valor de R$ 32.000,00 para realizar o mesmo serviço desta vez acrescentando sua atuação apenas com outros agentes financeiros. Em reanálise desta pauta e nova consulta no portal da transparência foi possível notar que em 03 de maio há descrito “EMPENHO ANULAÇÃO”. E nada mais consta deste espelho no portal da transparência.

-- Publicidade --

Ocorre que ainda no dia 03 de maio outra publicação aparece com sua correção deste contrato relâmpago! Desta vez com o mesmo valor de R$ 32.000,00 dos quais R$ 12.000,00 foram já liquidados no meses de Junho, Julho e Agosto com pagamento de R$ 4.000,00 para cada mês faltando ainda R$ 20.000,00 para serem liquidados nos próximos meses.

Ótimo lemos esta matéria até aqui, e está sendo tudo bem explicado só sobre apenas uma empresa do infográfico, certo? Novamente um monossilábico NÃO! Sabe porquê? Outra estranheza ao fazer os cruzamentos foi notar que no cartão do CNPJ da recém-criada firma constava o número do celular do filho da secretária municipal de finanças. Se no seu mundo isso não é minimamente para se comentar nas rodas de amigos, se eu e você não pudermos achar que tem um “boi na linha” dessa história, então amigos, redefinam para este profissional o que é liberdade e qual o sentido do portal da transparência. Abre aspas: Se você entrar no portal da transparência e pesquisar pelo nome desta empresa, irá notar que o valor correspondente a ela neste meio, corresponde à R$ 68.000,00 mesmo tendo sido – como disse lá em cima titulados com a frase EMPENHO ANULAÇÃO, no valor que citamos. Fecho aspas.

Vamos citar todas as empresas do infográfico divididas em 04 matérias que publicaremos no decorrer desta semana.

Amorosamente peço aos (e)leitores, que pesquisem os significados de valores empenhados, liquidados e pagos. Para compreendermos que no portal pode aperecer um contrato de R$ 42.290,00 – por exemplo- isso não significa que a empresa recebe este valor por mês e sim, que este é o valor global de um contrato que pode viger num período de 10 ou 12 meses ou até mais, dividindo assim o valor global pelos meses de prestação do serviço, outra coisa que complica no portal da transparência é que a vigência destes contratos nem sempre aparecem, e a assessoria de imprensa da prefeitura, nunca tem respondido quando solicitamos.

Mas o espaço continua aberto para que todos se manifestem, protocolamos ofícios que irão ao ar na próxima matéria e pedem informações sobre este e outros temas.

Já sabemos que a repercussão do nosso infográfico gerará algumas ações judiciais, outras de mordaças e outras mais veladas e pessoais e este portal e seu editor. Mas o desafio da esperança é um só; Acreditar na liberdade que escolhemos.

Não por acaso, talvez, Setembro seja considerado o mês amarelo. Procurem saber.

Paz, Justiça, Compreensão e Transparência.

Stephson Kim