Vereadores de Dianópolis visitam hospital de referência; Parlamentares trabalham para aquisição de UTI móvel e outras urgências da unidade

O vereador Bilsan França anunciou que fez solicitação ao Governo do Tocantins por meio de articulação do deputado estadual Olyntho Neto para implantação de UTI/Covid-19 na UPA que está sem uso atualmente

A Comissão Temporária Especial da Saúde (CTES) da Câmara Municipal de Dianópolis, realizou visita ao Hospital de Referência de Dianópolis (HRD) na última quinta-feira, 18. A comissão que é formada por cinco parlamentares tem como presidente o vereador Bilsan França, como relator o vereador André Cavalari e três membros titulares, os vereadores Manin do Zorra, Paulo da Mega e Bira Soares.

A comissão foi criada na Câmara de Dianópolis através de requerimento apresentado pelo vereador Bilsan França ainda no mês de fevereiro e seus objetivos permeiam em acompanhar e superintender ações na área da saúde, como falta de médicos no hospital e unidades básicas de saúde (UBS), realização de audiências públicas, regularização da falta de análises clínicas dentro do HRD, entre outras medidas.

Durante a visita, os vereadores também tiveram uma reunião com a diretora do Hospital de Referência de Dianópolis, Maria Eulinda, que recebeu e aplaudiu a iniciativa dos parlamentares, se colocando à disposição da Comissão.

OBJETIVOS DA VISITA

De acordo com o vereador Bilsan França a primeira pauta levantada foi a situação da falta de médico que atende e acompanha os pacientes no “covidário” do HRD. “No hospital há um médico que ainda dá esse suporte, mas como ele é do grupo de risco, acaba ficando mais distante, o hospital tem flagrante necessidade urgente de um médico intensivista para o atendimento de pacientes com coronavírus”. Disse em entrevista o presidente da Comissão Temporária Especial da Saúde, vereador Bilsan.

Ainda de acordo com França, o Estado não colocou nenhuma dificuldade para a contratação deste médico intensivista, e que ao encontrar o profissional, será de imediato contratado.

EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO INDIVIDUAL

A comissão também realizou levantamento sobre os Equipamentos de Proteção Individual (EPI), detectando que há uma quantidade pequena disponível. O cenário preocupa pelo alto risco de infecção dos trabalhadores e pelo receio em perder mão de obra no combate à epidemia dentro do hospital.

OXIGÊNIO

Preocupada com a recente crise que ganhou os noticiários de todo o país a CTES da Câmara Municipal de Dianópolis também procurou saber da realidade do HRD, de acordo com os vereadores o objetivo é evitar que haja um colapso como ocorreu no Amazonas. Os parlamentares foram informados que o abastecimento atualmente está regular, mas há sempre uma preocupação.

Publicidade

Publicidade

UTI MÓVEL PODE SER CONQUISTADA ATRAVÉS DO SENADOR EDUARDO GOMES

A Comissão anunciou ainda à direção do Hospital que, por meio de articulação do presidente da Casa, vereador Manin do Zorra e do vereador André Cavalari com o Senador e líder do Governo Federal no Congresso Eduardo Gomes, trabalham para que seja destinada à Dianópolis uma UTI móvel, principalmente para que sejam transportados os pacientes com Covid-19 em estado grave. O recurso deve entrar no orçamento de emendas do Senador Eduardo Gomes.

UTI DE CAMPANHA NA UPA (QUE ESTÁ SEM USO) É ARTICULADA ATRAVÉS DO DEPUTADO OLYNTHO NETO

O vereador Bilsan França também informou que solicitou que seja aproveitado o espaço da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que está sem uso, para a instalação de novos leitos de UTIs como um hospital de campanha, já que o sudeste apresenta uma realidade de extrema urgência com apenas seis leitos para UTI/Covid e quatro destinados à pacientes em observação. França lembrou que no dia 18, Dianópolis somava 138 pessoas com testes positivos para o coronavírus.

“As pessoas estão em casa, pessoas que precisavam estar recebendo assistência médica contínua, estão em casa por que na cidade só tem esses seis leitos para pacientes graves e quatro para observação, sendo que Dianópolis atende dezenas de cidades da região, todas as outras regiões estão contempladas com UTIs, a região norte tem suporte em Araguaína, a região central tem Palmas e agora Porto Nacional também, a região sul tem Gurupi e nós do sudeste não temos nada nesse sentido, estamos descobertos desse tipo de serviço”. Questionou Bilsan França em entrevista ao portal Tocantins Agora.

O vereador anunciou ainda que a solicitação foi feita por ele ao Governo do Tocantins por meio de articulação do deputado estadual Olyntho Neto.

 

RAIO X DO HOSPITAL É DA DÉCADA DE 70

Outro tema na pauta dos parlamentares foi a urgência da substituição do Raio-X utilizado no Hospital de Referência de Dianópolis, o aparelho é defasado e do início da década de 1970 tendo mais de 50 anos de uso.

A Comissão dos vereadores recebeu a informação de que já existe um processo em trâmite para aquisição de novo maquinário. A diretora da unidade se comprometeu a conseguir o número do processo para que articulação com senadores e deputados federais possam agilizar a compra através de emendas parlamentares.

 

***

Kim Nunes/Redação