PORTO ALEGRE DO TOCANTINS: Vereadores denunciam furto de energia em creche praticado por secretário municipal de juventude

Publicidade

Publicidade

Os vereadores Marcus Vinícius e Diane Rodrigues estiveram nesta terça-feira, 7, na redação do portal de notícias sudeste agora. Os parlamentares de Porto Alegre do Tocantins apresentaram a denúncia que ofereceram ao Ministério Público no dia 19 de setembro onde informaram que o secretário de juventude estaria furtando energia de uma creche do município para um lote ao lado onde se fixava a sede de uma comitiva de sua propriedade [sic] (“nois inverga, mais num quebra”). A comitiva em questão realizava naquele local uma festa em que o ingresso cobrado custava R$ 100,00 (cem reais) por pessoa.

O vereadores Marcus e Diane, afirmaram na entrevista que o secretário de juventude, em sessão da câmara municipal de Porto Alegre, confessou que era o responsável pelo furto de energia à creche, mas, ainda assim, o prefeito Rennan Cerqueira não havia tomado nenhuma medida mesmo com a confissão do secretário.

Uma das formas de se obter uma maior vantagem para si é através do famoso gato de energia elétrica. Este é o nome da ligação clandestina destinada a furtar energia elétrica, a qual é uma conduta que se enquadra no artigo 155 do Código Penal, sendo o crime de furto. Em determinadas situações, o crime pode ser de estelionato, previsto no artigo 171 do CP.

O prefeito de Porto Alegre do Tocantins, Rennan Cerqueira, foi procurado pelo portal no dia 02 de novembro para se manifestar sobre o caso, o prefeito disse que no outro dia responderia, mas, até o fechamento desta matéria não nos deu retorno ou atendeu nossas ligações.

Confira a entrevista concedida pelos vereadores, que visitaram a redação do portal nesta terça-feira,7;

-- Publicidade --

No vídeo abaixo você pode conferir gravação feita pelos vereadores onde mostram a ligação clandestina no padrão da creche com cabo seguindo para propriedade particular onde era realizada a festa da comitiva do secretário de juventude de Porto Alegre do Tocantins. Em seguida juntamos o vídeo gravado na câmara municipal onde o mesmo secretário confessa a autoria do furto de energia.

No documento abaixo você também pode conferir a denúncia feita ao Ministério Público;