GOVERNADORA EM EXERCÍCIO: Claudia Lelis, vistoria obras de escola de tempo integral

Publicidade

Publicidade

Em sua primeira agenda fora do Palácio Araguaia como governadora em exercício, Claudia Lelis, vistoriou na manhã da sexta-feira, 15, as obras da escola de tempo integral que está sendo construída na Quadra 401 Sul. A obra já está 84% concluída, ou seja, em sua fase de acabamento.

Com investimento de R$ 12.744.375,23, sendo R$ 10.026.080,93 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 2.718.294,30 de contrapartida do Governo do Estado, a unidade escolar terá área de 10.581m², com 21 salas de aula e capacidade para atender 1.500 alunos.

Na visita à escola, Claudia Lelis destacou que, ao ser concluída, a unidade escolar terá um impacto positivo no processo de ensino do Estado. “Essa é uma obra de fundamental importância, pois vai atender 1.500 alunos, beneficiando também os pais que trabalham e terão a tranquilidade de saber que os filhos estarão em um lugar seguro”, ressaltou.

Na ocasião, a governadora em exercício também explicou como será sua atuação frente ao Governo do Estado. “Essa foi minha primeira visita a obras, das inúmeras que vamos fazer. A nossa intenção é imprimir o mesmo ritmo de trabalho que o governador Marcelo Miranda vem imprimindo ao longo desses últimos meses”, disse.

-- Publicidade --

De acordo com secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes, Wanessa Sechim, a unidade escolar estará em funcionamento no início do próximo semestre. “Essa vistoria foi para conhecer e nos dar mais segurança na tomada de decisão para abertura das matrículas. É uma escola completamente adequada para uma proposta de ensino em tempo integral”, explicou.

Estrutura

A unidade escolar também vai contar com sala de música, laboratórios de informática, de Física, de Química e de Biologia. Além disso, terá também um refeitório, bloco esportivo, incluindo quadras poliesportivas e uma piscina com oito raias semiolímpica; e um auditório com capacidade para 210 pessoas com dois camarins

Cláudio Paixão/Governo do Tocantins