Vilmar apresenta moção de pesar à família de Jr. Coimbra

Publicidade

Publicidade

Na sessão matutina  desta quarta-feira, 02, o deputado Vilmar  Oliveira (SD) apresentou moção de pesar  à família do ex-deputado Junior Coimbra.  Vilmar destacou os laços de amizade com Coimbra e sua família, estabelecidos há mais de 30 anos, e disse que o Tocantins perde um grande político e ele perde um grande amigo.

“Com sua alegria ele conseguia contagiar todos nós, trazendo esperança e otimismo mesmo nos momentos de incerteza. Ele tinha habilidade para ver o lado bom em situações onde pouca gente via, minimizando o negativo e maximizando o que havia de bom.  Também tivemos divergências em determinado momento, mas sempre com o pensamento de nos proteger”, destacou  o parlamentar.

A moção de pesar é direcionada à esposa, vereadora de Palmas Laudecy Coimbra, aos filhos Larissa, Sandra, Natália e Lucas, ao genro e ao neto Alberto e Luís Alberto, à mãe Maria Alencar e os seus seis irmãos.

-- Publicidade --

Mais nove  deputados  subscreveram o requerimento:   Nilton Franco (MDB), Eli Borges (SD), Toinho Andrade (PHS), Elenil da Penha (MDB), Wanderlei Barbosa (PHS), Valdemar Júnior (MDB), Rocha Miranda (PHS), Zé Roberto (PT) e Luana Ribeiro (PSDB).

Júnior Coimbra

Raimundo Júnior Coimbra tinha 53 anos. Era natural de Filadélfia, mas cresceu em Itaporã. Formou-se em Comunicação Social, com habilitação em jornalismo, pela UFMA em 1989, e foi repórter esportivo de vários veículos no Maranhão. De volta ao Tocantins, foi prefeito de Itaporã em 1992. Em 1997 foi diretor-superintendente da TV Palmas. Em 2000, elege-se o vereador mais bem votado da capital e durante esse período assume também a secretaria de Governo do município. Foi deputado estadual por dois mandatos e presidente da Assembleia Legislativa. Em seguida, elege-se deputado federal em 2010. Em 2015, é nomeado secretário nacional de Políticas de Turismo. Recentemente, era secretário na gestão do ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) e se desincompatibilizou para disputar as eleições em 2018.

Júnior Coimbra, como era mais conhecido, nasceu em 28 de março de 1965.