Em Araguatins, Governador abre Fórum de Desenvolvimento Econômico e destaca que industrialização passa pela implantação de políticas públicas de qualidade

Com a presença de prefeitos, representantes do segmento empresarial e do setor produtivo, o governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, abriu na tarde desta quinta-feira, 17, o Fórum de Desenvolvimento Econômico da Região do Bico do Papagaio. O evento foi realizado no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO), campus de Araguatins, com o objetivo de apresentar políticas públicas para fortalecer o setor produtivo e o desenvolvimento econômico do Estado.

Em um primeiro momento, o titular da Secretaria de Estado da Indústria, Comércio e Serviços (Sics), Carlos Humberto Lima, apresentou o Programa de Impulsionamento da Indústria, Comércio e Serviços (Pics), detalhando suas três fases. A primeira é voltada para a infraestrutura dos distritos industriais; a segunda visa o fomento e a gestão do Fundo de Desenvolvimento Econômico; e a terceira fase é voltada para o planejamento estratégico, que envolve o Estado, as instituições de educação superior e outras, com vistas ao desenvolvimento do Tocantins.

“O Pics é um programa que estimula ações que agregam desenvolvimento para o Estado ao longo dos próximos 10 anos. Para isso, precisamos trabalhar em parceria com os municípios, para conhecermos a potencialidade da região e realizarmos projetos que mudarão a realidade dessas localidades”, explicou o secretário.

O secretário também elencou propostas do Governo para promover o desenvolvimento agroindustrial e estimular a produção, citando a estruturação da agroindústria de beneficiamento de mandioca no município de Araguatins, o Plano de Expansão do Setor Apícola no Estado, a expansão do setor lácteo e de piscicultura em Riachinho, Piraquê, Angico e Ananás, dentre outras propostas.

Especificamente sobre o estudo para implantação de um distrito industrial em Araguatins, o secretário Humberto Lima explicou que a proposta é de abrangência regional, ao atingir os estados do Maranhão e Pará, em um raio de 250 km.

O governador Wanderlei Barbosa ressaltou as potencialidades da região que compreende o Bico do Papagaio e destacou que o Fórum é o espaço para discutir políticas públicas e implementar ações efetivas para a promoção do desenvolvimento econômico e social. “É isso que estamos propondo, porque o nosso trabalho é esse, melhorar a vida das comunidades, fomentar a economia e gerar mais empregos”, frisou.

O Governador afirmou que a industrialização do Tocantins passa necessariamente pela melhoria da infraestrutura dos distritos industriais. “Esse projeto vai dar ao empresário endereços salubres, para que possamos promover a industrialização do nosso Estado”, ressaltou.

Durante o evento, as prefeituras apresentaram suas demandas e também projetos de viabilidade econômica a serem executados em parceria com o Governo do Tocantins. Os projetos serão encaminhados ao Conselho de Desenvolvimento Econômico do Tocantins (CDE-TO), que avaliará a concessão do repasse de aporte de recursos do Fundo de Desenvolvimento Econômico (FDE-TO), de acordo com critérios como sustentabilidade, geração de emprego e renda.

Estudos de viabilidade

Durante o Fórum, o governador Wanderlei Barbosa assinou autorizações para que a Sics realize os estudos de viabilidade técnica e econômica para a implantação de agroindústrias com foco nas cadeias produtivas de apicultura, piscicultura, lácteo e mandioca, para atender aos municípios da região do Bico do Papagaio.

Os estudos de viabilidade técnica e econômica autorizados pelo Governador vão abranger: o Projeto de Agroindústria modelo para o Centro de Treinamento de Produtores da Região do Bico do Papagaio, campus de Araguatins do IFTO; o Projeto Casa de Farinha, com a Associação dos Produtores Rurais do Projeto de Assentamento Indiana e a Prefeitura de Araguatins; a implantação de um laticínio de pequeno porte com área de impacto econômico em Piraquê, Ananás e Angico;

Viveiro

O Governador também assinou a Ordem de Serviço para início das obras de Implantação de um Viveiro de Produção de Mudas de Espécies do Bioma Cerrado, em parceria com o IFTO, campus de Araguatins, no valor de R$ 387.727,00.

Acordo de cooperação

Com o objetivo de articular ações estratégicas para o desenvolvimento econômico, foi assinado um Acordo de Cooperação entre o Governo do Tocantins, por meio da Sics e os municípios da região econômica do Bico do Papagaio.

Presenças

O evento contou com a presença da senadora Kátia Abreu, do diretor-presidente do Sebrae, Moisés Gomes, dos deputados estaduais Fabion Gomes, Valderez Castelo Branco, Amélio Cayres e Olyntho Neto, do prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia, de prefeitos da região, reitores de universidades, representantes do setor empresarial e outras autoridades.