Em uma semana, governador Carlesse amplia número de leitos de UTI no Tocantins, dá continuidade à ação de distribuição de alimentos e lança programa Tocando em Frente

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, cumpriu uma extensa agenda de trabalho esta semana em Palmas e em outros municípios tocantinenses, com ações nas áreas da saúde, educação, infraestrutura, meio ambiente e economia. Destaque para a entrega de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) em Gurupi, entrega de alimentos para estudantes da rede estadual de ensino, Ordem de Serviço para construção e reforma de escolas, estabelecimento de parcerias institucionais, prorrogação de medidas de enfrentamento da pandemia e lançamento do programa Tocando em Frente.

 

Na segunda-feira, 28, o Governador esteve em Gurupi, no sul do Estado, onde apresentou à imprensa as instalações da primeira etapa do Hospital Geral de Gurupi (HGG), que deve ser inaugurado em breve; e entregou Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) exclusivas para atendimento a pessoas acometidas pela Covid-19. Com a entrega dessas unidades, o Tocantins passa a contar com 200 UTIs Covid-19, sendo 56 somente em Gurupi.

 

Esta primeira etapa do HGG comporta bloco do pronto-socorro infantil e adulto, bloco do ambulatório, bloco administrativo, rampa, passarela e escada. Também conta com duas usinas geradoras de oxigênio, canalização de gases, tratamento próprio de esgoto, central com geradores de energia elétrica, auditório para 200 pessoas e energia solar para aquecimento de água dos banheiros.

 

O governador Mauro Carlesse prevê a conclusão da primeira etapa do HGG para o mês de agosto, quando a unidade de saúde ampliará, ainda mais, o atendimento à população. “Com mais esses leitos de UTI em funcionamento, a região está bem servida e, em breve, toda a comunidade será atendida aqui. Estamos honrando esse compromisso e, certamente, em um curto espaço de tempo, as cirurgias eletivas também serão retomadas”, ressaltou. O Governador também adiantou que a segunda etapa do HGG já foi licitada.

 

Dia 29

Na terça-feira, 29, o Governador assinou a Ordem de Serviços para retomada das obras e conclusão da Escola Estadual de Tempo Integral (ETI) de Pedro Afonso. A retomada da construção da Escola constitui mais um compromisso do governador Mauro Carlesse, com a comunidade local.

 

A unidade, orçada em R$ 9.423.386,71, sendo R$ 5.096.927,89 do convênio com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e R$ 4.326.458,82 de recurso do Tesouro Estadual, está com mais de 60% das obras executadas.

 

Quando for concluída, a escola terá capacidade para atender 1.500 alunos em uma área de 10.581,00 m² de construção de salas, departamentos e demais estruturas físicas que buscam favorecer o processo de ensino e aprendizagem da comunidade escolar.

 

Kits de alimentos

Ainda em Pedro Afonso, o governador Mauro Carlesse iniciou, na Escola Estadual Ana Amorim, a terceira etapa da entrega de kits de alimentos para alunos da rede estadual de ensino. A iniciativa da gestão estadual visa atender alunos e familiares impactados pela pandemia. A ação deve ocorrer até o retorno das aulas presenciais, com o restabelecimento das refeições escolares, previsto para acontecer no próximo semestre letivo.

 

No município de Pedro Afonso, foram disponibilizados 1.983 kits de alimentos aos alunos do Colégio Cristo Rei e das escolas estaduais Ana Amorim, Bom Tempo, Anajanópolis e Especial Santuário da Vida. Além disso, um total de 5.782 kits de alimentos serão entregues aos demais municípios que integram a Diretoria Regional de Educação, Juventude e Esportes (DRE) de Pedro Afonso.

 

Tupirama

O governador Mauro Carlesse aproveitou a ocasião para acompanhar o início da reforma da Escola Estadual de Tempo Integral Maria da Glória, em Tupirama, cidade vizinha de Pedro Afonso. A unidade está passando por melhorias da rede elétrica, telhado, forro e pintura. As obras estão avaliadas em R$ 327.571,70.

 

Jornada de trabalho

O governador Mauro Carlesse decidiu prorrogar, até 16 de julho, a manutenção da jornada de 6 horas de trabalho para os servidores públicos estaduais e da Força-Tarefa Tolerância Zero, além da proibição de eventos que causem aglomeração de pessoas. Também foi prorrogado, até 27 de dezembro de 2021, o do estado de calamidade pública em todo o território tocantinense, em razão da pandemia causada pelo novo Coronavírus.

 

O governador Mauro Carlesse reforçou a importância da vacinação e das medidas preventivas para evitar o contágio. “Espero, em breve, podermos voltar à normalidade, mas até lá, conto com o apoio e a compreensão de todos os tocantinenses para que, quando chegar o seu momento de vacinar, não pense duas vezes, tome a vacina. Não só a primeira, mas a segunda dose também, para assim conseguirmos mais vacinas. Peço ainda que continuem sendo cautelosos, evitando aglomerações e mantendo os hábitos de higiene de lavar as mãos, usar máscara e álcool em gel. Cuidem de si e dos seus”, ressaltou.

 

Incentivos fiscais

Ainda na terça-feira, o governador Mauro Carlesse recebeu, no Palácio Araguaia, os diretores da empresa Granol, José Anthero Catanio Pellosi e Ronaldo Sartori, para debater incentivos fiscais com a finalidade de garantir matéria-prima para fins de industrialização de derivados da soja no Tocantins. Os empresários alegam que a soja que hoje é exportada pelo Estado sem tributação, devido ao benefício da Lei Kandir seria destinada à indústria local e, dessa forma, recolheria impostos sobre essa operação.

 

O governador Mauro Carlesse solicitou, ao secretário de Estado da Fazenda, Sandro Armando, uma análise das demandas apresentadas pelos diretores da Granol, de forma que resulte em benefícios não só para as empresas, como também para o Estado do ponto de vista de arrecadação, e para a população, com a geração de emprego e renda.  “Enquanto gestor, eu quero mais é que o Estado cresça em todos os sentidos, que as indústrias venham e gerem emprego e renda para a nossa população. Mas tudo isso deve ser feito dentro da legalidade e bem ajustado para não faltar matéria-prima e para que esse beneficiamento de produtos ocorra aqui dentro do Estado mesmo”, pontuou.

 

Meio ambiente

Na quarta-feira, 30, o governador Mauro Carlesse assinou um Termo de Cooperação Técnica da Rede TO Sustentável, idealizado pelo Tribunal de Justiça do Tocantins e parceiros. O projeto visa à conscientização quanto à preservação do meio ambiente e apoio aos catadores de recicláveis, dentre outras. Também aderiram à Rede, a Prefeitura de Palmas, a Embrapa Pesca e Aquicultura e a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS).

 

Publicidade

Publicidade

O Governador considera que o Estado tem muito a contribuir e solicitou o envolvimento das secretarias de Estado da Saúde (SES) e da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), além dos órgãos ambientais do Governo.

 

A Rede TO Sustentável é formada pelo Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), pela Justiça Eleitoral, pelo Ministério Público do Tocantins (MPTO), pela Defensoria Pública Estadual (DPE), pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), pela Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), pelo Governo do Estado do Tocantins, pela Embrapa e pela Prefeitura de Palmas.

 

Quinta-feira, 1°

Na quinta-feira, 1°de julho, o Governador cumpriu agenda de trabalho em Dianópolis, região sudeste do Tocantins, onde iniciou a terceira etapa de entrega de kits de alimentos para comunidade escolar do município. Ao todo, foram disponibilizados 2.605 kits de alimentos para os alunos matriculados nas escolas da rede estadual de ensino.

 

A solenidade oficial, que marcou o começo das entregas, ocorreu no Colégio João D’Abreu. “Estamos junto com cada pai e mãe de família, ajudando cada cidadão a atravessar esse momento desafiador. Esse auxílio, com os kits de alimentos, é um reforço à segurança alimentar dos nossos estudantes, um auxílio que ajuda a manter o alimento na mesa”, destacou o governador Mauro Carlesse.

 

UnirG

Ainda em Dianópolis, Mauro Carlesse participou da visita técnica e de discussões para implantação de um câmpus da Universidade de Gurupi (UnirG) no município. Também foi assinado um protocolo de Intenções entre a UnirG e a Prefeitura local, que visa à implantação dos cursos de Medicina, Enfermagem, Odontologia, Fisioterapia e outros cursos na área da saúde.

 

O evento contou com a presença da reitora da Instituição, Sara Falcão; do presidente da Fundação UnirG, Tiago Miranda, demais representantes da Universidade, prefeitos e líderes políticos de toda a região.

 

O governador Mauro Carlesse afirmou que a implantação da unidade de ensino superior em Dianópolis é uma oportunidade de formação superior para os jovens, além de impulsionar o desenvolvimento de toda a região sudeste do Tocantins. “É a oportunidade de ter uma universidade de renome e qualidade de ensino para os filhos da região. Uma universidade que vai trazer o curso de Medicina, que é fundamental, e o Governo do Tocantins está incentivando e apoiando a concretização desse projeto. Para isso, precisamos da união de esforços”, reforçou.

 

Núcleos Regionais

Durante o evento, o Governador também assinou o Termo de Cooperação Técnica com a Prefeitura de Dianópolis, para a instalação das sedes do 8° Núcleo Regional de Medicina Legal e do 8° Núcleo Regional de Perícia Criminal no município. Por meio do acordo, a Prefeitura de Dianópolis cede o espaço físico e os recursos humanos necessários, para viabilizar o funcionamento da unidade, a realização de exames periciais de natureza criminal e médico-legal; e instruir procedimentos investigativos conduzidos pela Polícia Civil ou processos criminais.

 

A iniciativa vai beneficiar diretamente as cidades de Almas, Arraias, Aurora do Tocantins, Chapada da Natividade, Combinado, Conceição do Tocantins, Dianópolis, Lavandeira, Natividade, Novo Alegre, Novo Jardim, Paranã, Ponte Alta do Bom Jesus, Porto Alegre do Tocantins, Rio da Conceição, Santa Rosa do Tocantins, Taguatinga e Taipas do Tocantins.

 

Tocando em Frente

Ainda na quinta-feira, o governador Carlesse lançou o programa Tocando em Frente, que visa ao fortalecimento da economia e à geração de empregos nos 139 municípios, com potencial de beneficiar 359 mil pessoas com programas sociais. O programa prevê investimentos na ordem de mais de R$ 2,9 bilhões.

 

O governador Mauro Carlesse destacou a importância de gerar emprego e renda e fortalecer a economia. “O Estado tem essa obrigação de fazer esse trabalho induzindo o emprego nos 139 municípios e, assim, tirar as pessoas que perderam seus empregos da situação de pobreza e de vulnerabilidade”, afirmou.

 

Tocando em Frente prevê aporte financeiro de, no mínimo, R$ 3 milhões por município. “A partir do momento em que os prefeitos apresentarem os projetos relacionados a cada eixo do programa, imediatamente eles vão poder licitar suas obras e o Governo do Estado vai aportar o recurso necessário para que os municípios tenham obras estruturantes como calçadas, asfalto, praça, posto de saúde e estradas vicinais. A pressa agora é do gestor municipal. O Governo do Tocantins está com o recurso assegurado para dar aporte assim que os projetos forem apresentados”, ressaltou o Governador, informando que a Gestão Estadual disponibilizará uma equipe técnica para dar suporte na elaboração dos projetos.

 

O Programa

Os recursos são oriundos de várias fontes como as operações de crédito, convênios federais, Contribuições de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), que serão investidos em obras de infraestrutura, educação, saúde, além do fomento à produção e ações de inserção social.

 

TV Assembleia

O governador também participou do lançamento do sinal aberto e digital da TV Assembleia, em Gurupi, que será transmitido pelo canal 5.2 HD. Por meio da TV Assembleia, os gurupienses poderão assistir às sessões plenárias, além de cursos oferecidos pela Escola do Legislativo, como preparatórios para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), vestibular e concursos. Na oportunidade, foi assinado um Termo de Cooperação Técnica entre a Assembleia Legislativa e a Prefeitura de Gurupi que permitirá a transmissão de conteúdo por parte do Executivo municipal.

 

O governador Mauro Carlesse ressaltou a melhoria na comunicação entre o Legislativo e a comunidade por meio do novo canal. “Os deputados apresentam, na Assembleia, seus projetos de melhoria para o Estado e, muitas vezes, a população não fica sabendo. Nesta pandemia, por exemplo, os deputados destinaram emendas para a aquisição de kits de alimentação, nós precisamos levar essa informação para a população e a TV Assembleia vem para estreitar esse laço e melhorar essa comunicação”, ressaltou.