Vice-governadora prestigia abertura do 30º ano Judiciário e reforça a harmonia entre os poderes

Publicidade

Publicidade

Durante a abertura do 30º ano judiciário, que acorreu nesta quinta-feira. 1ºde Fevereiro, no Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), a vice-governadora Claudia Lelis destacou a importância da união entre os poderes constituídos.

“No tocante à relação institucional entre o Poder Judiciário e o Poder Executivo, poderes independentes e harmônicos, reitero o compromisso do Governo do Tocantins de colaboração com o Tribunal de Justiça para o melhor funcionamento da Justiça no nosso Estado”, afirmou Claudia Lelis.

Em nome do Governo do Estado, Claudia Lelis desejou sucesso a todos os magistrados neste ano e parabenizou o trabalho da justiça tocantinense. “Nosso Poder Judiciário é forte, atuante e preza, acima de tudo, o cumprimento da lei. Parabéns a todos os magistrados pelo excelente trabalho que desenvolvem á frente deste tribunal”, pontou a vice-governadora.

Segundo o presidente do tribunal de Justiça, desembargador Eurípedes  Lamounier, o Judiciário tocantinense efetivamente formou um pacto pela produtividade e, por meio desse esforço, conseguiu conquistar a categoria Ouro do Selo Justiça em Números do CNJ. “Melhoramos todos os índices do Judiciário tocantinense em 2017, o que  permitiu a entrega de uma Justiça mais rápida e eficaz ao cidadão”, avaliou o presidente do TJTO.

-- Publicidade --

Ainda durante a cerimônia foi realizada a entrega do Selo Pacto pela Produtividade a magistrados e unidade da Justiça com os melhores resultados em 2017.

Regularização Fundiária

Também nesta quinta-feira, pela manhã, a vice-governadora realizou a abertura das oficinas de regularização fundiária que ocorrem em Palmas, no auditório do Quartel do Comando Geral da Polícia Militar.

Claudia Lelis destacou que a regularização sempre foi um gargalo para todos os governos e que o Governo do Estado esta conseguindo avançar neste segmento. “O título definitivo da terra significa dignidade para toda família e o real direto á sua propriedade. Temos avançado muito neste segmento aqui no Tocantins, onde já conseguimos regularizar imóveis, somente em Palmas, de 10 mil famílias e até o final de 2018 queremos regularizar 200 mil imóveis em todo o Estado”, concluiu a vice-governadora.