DENÚNCIA: Farra do transporte público em Almas pagou quase R$ 20 mil reais por aluguel de Kombi de esposa de secretário

Uma avalanche de desmandos na gestão de Wagner Nepomuceno Carvalho, o Vaguinho (MDB), que é candidato à reeleição na prefeitura de Almas, sudeste do Tocantins, tem aparecido desde o início deste ano, situações de descompromisso e cuidados em relação à pandemia já foram noticiados aqui. A falta de compromisso, má gestão e mal uso do dinheiro público já rendeu ao atual prefeito a rejeição de suas contas relativas ao exercício de 2017 pelo Tribunal de Contas do Estado do Tocantins (TCE/TO).

Desta vez o portal Tocantins Agora, após vasta pesquisa e cruzamento com as informações do Portal da Transparência, encontrou uma verdadeira farra do transporte público na gestão de Wagner Nepomuceno Carvalho.

Cabe ressaltar que o Artigo 85 da Lei Orgânica do Município, determina que “o prefeito, o vice-prefeito, os vereadores e os servidores municipais, bem como as pessoas ligadas a qualquer deles por matrimônio ou parentesco, afim ou consanguíneo, até o segundo grau, ou por adoção, não poderão contratar com o município, subsistindo a proibição até seis meses após findas as respectivas funções”.

A prefeitura de Almas pagou pelo aluguel de uma Kombi de propriedade da senhora Cleusenir Batista Gonçalves, que é esposa do atual secretário de transporte do município, Jucimar Rocha de Oliveira o valor exato de R$ 19.804,40 pagos de maneira fracionada ao longo de seis meses, o que significa que o veículo custou quase R$ 4.000,00 por mês, um valor que em grandes cidades é pago para locação de carros de luxo.

A administração de Vaguinho fere os princípios da moralidade, eficiência e publicidade da administração pública. Uma vez que há comprovação desmedida dos gastos, em contrato sem licitação totalmente direcionado para beneficiar parentes de pessoas de sua gestão e que são seus apoiadores políticos.

Trata-se de uma verdadeira imoralidade, se o contrato, por exemplo, permanecer por 12 meses a esposa do secretário de Vaguinho receberia mais de R$ 39 mil reais pelo aluguel de sua Kombi à prefeitura.

O Ministério Público precisa agir a fim de dar fim a esta farra com dinheiro público em Almas.

CONFIRA OS PAGAMENTOS FEITOS QUE SOMAM R$ 19.804,40

Nossa reportagem está passando um pente fino nos gastos da prefeitura de Almas, cruzando pagamentos de notas fiscais e averiguando se os serviços foram realmente prestados, neste sentido ainda estamos detalhando mês a mês, mas há fortes indícios a princípio.

Sempre que um político tenta silenciar o trabalho da imprensa, como fez recentemente Wagner Nepomuceno com este portal de notícias, há sempre algo mais sendo escondido de forma obscura, é exatamente por este comportamento estranho que nosso faro jornalístico foi aceso.

A cada nova atualização, informaremos nossos eleitores.

___

Por: Kim Nunes – Editor Chefe