- Publicidade -

BASTIDORES

Laerte Codonho, dono da empresa de refrigerantes Dolly, foi preso nesta quinta-feira. O empresário é acusado de crimes como fraude fiscal estruturada, organização criminosa e lavagem de dinheiro. O esquema teria desviado R$ 4 bilhões, mas, nas redes sociais, o assunto virou alvo de diversas montagens e memes.

Diversos internautas criaram brincadeiras com o mascote Dollynho, que protagoniza as campanhas publicitárias dos refrigerantes da marca. Alguns sugeriram protestos e carimbos com a mensagem “Dollynho livre”, enquantos outros imaginaram como seria a vida do personagem atrás das grades.

Até a música dos comerciais, “Eu sou o Dollynho, seu amiguinho”, foi adaptada após a prisão do dono da marca.

Enquanto caminhava para dentro da delegacia, Codonho afirmou a jornalistas que sua prisão se devia a uma “perseguição da Coca-Cola” e que era vítima de esquemas praticados por seu contador. Procurada, a Coca-Cola informou que “não comenta processos judiciais em que não esteja envolvida”.