Ronaldo Dimas destaca projeto Inova de Gurupi e defende programa de aviação regional no Tocantins

Para o pré-candidato, Estado está muito atrasado no desenvolvimento tecnológico e isso precisa ser resolvido, com incentivo à inovação e apoio às startups

Pré-candidato a governado pelo PL, Ronaldo Dimas, reforçou, em agenda em Gurupi, os compromissos assumidos com a cidade, destacando o projeto Inova como modelo muito positivo de desenvolvimento de startups gerando renda e emprego a ser replicado no Estado e defendeu um programa amplo de aviação regional que integre todo o Tocantins.

 

Criado em 2015, o Inova vem crescendo a cada ano e funciona como incubadora de startups (empresas emergentes que apostam na inovação e aprimoramento no modelo de negócios). O Inova é desenvolvido pela Prefeitura de Gurupi em parceria com as universidades (Unirg, UFT e Unitins) e o IFTO (Instituto Federal do Tocantins).

 

Dimas visitou a cidade nesta quinta-feira e sexta-feira, 2 e 3 de junho, participou da abertura da exposição agropecuária, manteve contatos políticos, concedeu entrevista e principalmente defendeu uma política de desenvolvimento tecnológico para o Tocantins.

 

Durante a agenda, Dimas conferiu detalhes do projeto Inova, iniciativa da Prefeitura de Gurupi em parceria com as universidades, que vem dando muitos resultados na região. Várias startups se desenvolveram da iniciativa, algumas delas com destaque em todo o Estado, como a Nova Planta (produção de mudas) e a Ikigai (produção de peixes).

Para Dimas, o desenvolvimento de startups precisa vir ao encontro de uma política de desenvolvimento de tecnologia para o Tocantins, que use a Agência de Fomento e as instituições estaduais em prol do desenvolvimento de empresas. “Estamos atrasados na tecnologia e isso deixa o Estado para trás. Hoje tem empresas que se desenvolvem muito bem em parceria com as universidades, mas não há nenhum incentivo do Estado o que limita a ampliação desse número de beneficiados. Vamos mudar isso. Aqui em Gurupi vimos ótimos exemplos”, ressaltou Dimas.

A aposta nesse segmento de tecnologia é uma das formas de gerar emprego e renda no Estado. Hoje, as startups são as empresas que mais crescem no Brasil e no mundo. Inclusive, o Tocantins teve recentemente uma startup adquirida por valores milionários por uma das maiores empresas varejistas do país.

Programa de aviação regional

Ainda como forma de impulsionar o desenvolvimento, Dimas destacou que vai implementar um programa de aviação regional com aeronaves de pequeno porte. O pré-candidato explicou que esses voos não são caros e basta um incentivo estadual para que as empresas operem no Estado.

“Hoje temos empresários de Gurupi que querem investir no Bico do Papagaio e vice-versa mas não o fazem pela distância. Ninguém quer perder tempo e não viajar por segurança em várias horas para fazer investimentos. Os aeroportos já existem, e linhas de conexão podem ser instaladas, o que facilitará muito”, pontuou Dimas.

Atualmente, apenas Palmas e Araguaína recebem voos comerciais. Isso trava muito o desenvolvimento, dificultando a visita de investidores e consultores.

Dimas também reforçou compromissos já assumidos com Gurupi, como a destinação de pelos menos R$ 20 milhões livres por ano para investimentos, além da transformação do novo hospital regional que ainda precisa ser inaugurado em hospital universitário administrado pela Unirg.

Política e representação regional

Dimas também voltou a defender a necessidade de Gurupi eleger para a Assembleia Legislativa e a Câmara dos Deputados representantes da cidade. Ele destacou os pré-candidatos a deputado estadual Gleydson Nato (PL), vice-prefeito da cidade, e a Kita Maciel (Podemos), professor, defensor público e pré-candidato a deputado federal.

Questionado, Dimas também falou em entrevista que as conversas políticas estão indo muito bem e que, em Gurupi, seu grupo caminha para uma aliança com a prefeita Josi Nunes (União Brasil).