As discussões servirão para melhorias das estratégias para retirada da vacinação contra a febre aftosa, que no Tocantins está prevista para ocorrer em 2021
- Publicidade -

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec) está participando da 2ª Reunião dos Pontos Focais do PNEFA e Laboratórios Oficiais, em Brasília.  O objetivo é discutir as ações sobre a retirada da vacinação contra febre aftosa deste ano e planejar as que deverão ser executadas em 2020, juntamente com representantes dos estados brasileiros.

Da Adapec participa o responsável pelo Programa Estadual de Erradicação da Febre Aftosa, João Eduardo Pires, que explicou que os pontos focais são os serviços veterinários estaduais, no caso do Tocantins, é a Adapec, e que o encontro possibilita adquirir mais conhecimento e colaborar com o planejamento das atividades que executa. “Faltam dois anos pro Estado retirar de forma definitiva a vacinação do rebanho, até lá precisamos cumprir exigências, discutir gargalos e nos adequarmos às demandas”, avalia.

Na programação do evento estão previstos debates sobre os temas: Análises dos dados de vacinação – Indicadores; Vigilância na Fronteira Internacional-Ações e novas tecnologias; Estudos soroepidemiológicos para certificação de áreas livres com vacinação: Plano Estratégico-Principais Gargalos e cronograma para 2020, entre outros.