Aprovação de 1º ano de Bolsonaro é menor que Dilma, Lula e FHC, mostra Datafolha

Reprovação a Bolsonaro oscila a 36%; aprovação é de 30%

Publicidade

Pesquisa divulgada pelo Datafolha divulgada neste domingo, 08, indica que a reprovação ao governo de Jair Bolsonaro variou de 38% para 36%, em comparação com o último levantamento, feito em agosto. Já a aprovação oscilou 1 ponto percentual –foi de 29% para 30%.

Publicidade

Publicidade

A avaliação da gestão como regular foi de 30% para 32%. As variações nos últimos meses foram todas dentro da margem de erro (2 pontos percentuais, para mais ou para menos).

O levantamento ouviu 2.948 pessoas em 176 municípios do país de 5 a 6 de dezembro de 2019. As entrevistas foram feitas pessoalmente, em locais de grande circulação. Eis abaixo:

 

O resultado do Datafolha indica 1 quadro estável na popularidade do presidente. O país segue dividido em 3 partes, cada uma na faixa de 30% a 40% da população, com uma percepção positiva, média ou negativa do governo.

Eis uma compilação do Tocantins Agora com as pesquisas feitas até agora.

MELHORA NA ECONOMIA

De acordo com o pesquisa, parte da população voltou a observar com otimismo a situação econômica do Brasil. O levantamento mostra que 43% acham que ela vai melhorar nos próximos meses. Em agosto, 40% pensavam assim.

A taxa de aprovação ao trabalho da equipe econômica do governo aumentou de 20% para 25%, e a do combate ao desemprego foi de 13% para 16%. As duas variações foram acima da margem de erro (2 p.p).

OUTROS GOVERNOS

Bolsonaro chega ao fim do 1ª ano no cargo com a pior avaliação entre os presidentes em 1º mandato pesquisados desde a redemocratização. Fernando Henrique Cardoso (PSDB) era aprovado por 41% no fim do 1º ano. Lula (PT) registrou 42% e Dilma Rousseff (PT) tinha 59% de aprovação.

fonte: Datafolha | metodologia: A empresa entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios do país de 5 a 6 de dezembro de 2019. As entrevistas foram feitas pessoalmente, em locais de grande circulação. A margem de erro é de 2 p.p.

FALAS DE BOLSONARO

Segundo o Datafolha, 43% da população diz que nunca confia no que o presidente fala. Outros 37% acham que suas declarações só merecem credibilidade às vezes. Apenas 19% dizem acreditar sempre em Bolsonaro.

Publicidade