TSE CASSA MARCELO MIRANDA: Veja o que acontece a partir de agora

Publicidade

Publicidade

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou na manhã desta quinta-feira o mandato do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (MDB), e da vice-governadora, Cláudia Lelis (PV). Foram 5 votos favoráveis à cassação e 2 contrários, sendo vencidos os ministros Napoleão Nunes Maia Filho e Luciana Lóssio, relatora do caso. Também por maioria (4 a 3), os ministros determinaram a execução imediata da decisão. Uma nova eleição deverá ocorrer entre 20 e 40 dias. Até lá, o presidente da Assembleia Legislativa de Tocantins, Mauro Carlesse (PHS), assume o cargo.

Em seu voto, o presidente do TSE, ministro Luiz Fux, afirmou que há fortes elementos para a cassação do governador. “Diversas ligações telefônicas captadas por intermédio de autorização judicial, minutos antes de flagrante delito.” No recurso ao TSE, o Ministério Público afirma ter ocorrido uso de recursos ilegais na campanha no Tocantins, demonstrado pela apreensão de R$ 500 mil em uma mochila e material publicitário em um avião, pela Polícia Civil de Goiás, e pela simulação de contratos para justificar movimentação de recursos. A relatora do caso, ministra Luciana Lóssio, rejeitou o recurso do Ministério Público ao afirmar que não há, no episódio, provas de que os recursos apreendidos seriam utilizados na campanha de Miranda e do vínculo das pessoas citadas com candidatos do MDB no Tocantins. De acordo com ela, há inconsistências nos testemunhos tomados para a apuração dos fatos. Em maio do ano passado, o TSE havia cassado o mandato de outro governador, José Mello (PROS), do Amazonas, sob acusação de compra de votos na campanha.

O QUE ACONTECE AGORA?

O Tocantins marca mais um fato negativo e inédito na história política do Brasil, ocorre que na decisão do TSE, Marcelo Miranda e Cláudia Lelis devem se afastar imediatamente do cargo, o governador e a vice ainda podem recorrer da decisão, usando o termo que está em voga no país de maneira recorrente, a ação não TRANSITOU EM JULGADO, Miranda e Lelis contam ainda com mais uma instância, o Superior Tribunal Federal (STF), o fato inédito nisto é o imediato afastamento e eleição DIRETA.

O presidente da Assembleia Legislativa, Mauro Carlesse (PHS), deve assumir o governo nos próximos dias e novas eleições devem ser chamadas entre 20 e 40 dias a partir da publicação da decisão do TSE, fazendo com que o estado tenha duas eleições para governador no mesmo ano.

LINHA DE SUSSESÃO

-- Publicidade --

Carlesse assumindo o governo interinamente, quem assume a presidência da Assembleia, também interinamente é Luana Ribeiro (PDT) atual vice-presidente da casa. Luana está negociando sua saída do PDT e retorno ao seu antigo partido e também de seu pai. O Partido da República que tem como pré-candidato (para a segunda eleição) o prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas.

O cenário político tocantinense sofreu uma mutação enérgica, todo o tabuleiro foi redefinido, todos os grupos que vinham se formando, podem sofrer drásticas baixas e mudanças.

CUIDADO COM FAKE NEWS

Rapidamente começou a circular em grupos de whatsapp a primeira conjectura de “rádio peão”, circula um texto que diz que a execução é imediata, como de fato é, governo e TSE chamam novas eleições diretas, que podem ser realizadas até o dia 3 de junho e que Ronaldo Dimas e Carlos Amastha não poderão disputar este pleito por não terem se desincompatibilizado dos executivos municipais 6 meses antes. Contudo isso não passa de lorota, pois os prazos de desincompatibilização para essa inédita eleição ainda não foram definidas justiça eleitoral. Essa viralização falsa de notícia, parece beneficiar a priore o grupo de Kátia Abreu, o que não observam é, se Kátia disputar e vencer esse mandato tampão, renuncia o mandato no senado, caso perca a eleição de outubro, ficará sem mandato.

É, agora é o Big Brother tocantinense, toda semana deve eliminar mais um, como me disse um amigo e experiente cientista político de meu mais alto respeito.

O portal Tocantins Agora está ouvindo diversos juristas do campo eleitoral sobre o tema e a qualquer momento trará os novos acontecimentos inclusive dos bastidores desta reviravolta no estado.