Estímulos sensoriais e misturas de linguagens artísticas na abertura da Mostra Itinerários

Diferentes linguagens artísticas e sensações da passagem do tempo em imagens, sonoridades e movimentos formam o espetáculo de dança e teatro “Horas Breves” do Coletivo Agulha Cenas, que será apresentado na noite desta terça-feira, 8, como abertura do “Itinerários: Mostra de Artes Cênicas de Palmas”. Uma forma de entretenimento no isolamento social, a Mostra será apresentada no canal do YouTube do Coletivo Agulha Cenas, sempre às 19 horas.
Horas Breves transforma diferentes sensações da passagem do tempo em imagens, sonoridades e movimentos. Responsável pelo projeto, a bailarina Renata Souza adianta que o espetáculo se desenvolve em torno das diferentes sensações, abordando, por meio da experiência artística, a questão da ansiedade. “A ansiedade, caracterizada pela sensação de não ter tempo para nada, é um mal do nosso tempo, marcado pelo excesso de informações e pela pressa nas diversas esferas da vida”, descreve.
A produção de dança-teatro é formada por textos em domínio público do escritor Luís de Camões. “O espectador é convidado a construir sentidos e seguir uma cronologia tortuosa que percorre marcos da história da humanidade, memórias pessoais e fictícias e o tempo real da apresentação”, complementa Renata.
Sinopse
Quatro pessoas em uma sala de espera. Ao seu redor, o tempo avança lenta e inexoravelmente. O tempo que leva para piscar. O tempo entre uma sentença e a próxima sentença. Em seu interior, o tempo se move em todas as direções e velocidades. O tempo como é sentido pelas árvores. O tempo que existe nos sonhos. Sua rotina os aprisiona. Em suas lembranças e saudades, revivem o tempo perdido. Todo o tempo que lhes resta. Todo o tempo restante.
Mostra
O projeto oferece, ao longo dessa semana, atrações para o público infantil e adulto, produzidas por grupos locais. O evento acontece de terça a sábado, 8 a 12, sempre às 19 horas, no canal do Youtube do Coletivo Agulha Cenas. Toda a programação é gratuita.
A Mostra de Artes Cênicas de Palmas reúne diferentes linguagens artísticas, como dança, circo, poesia, contação de histórias, cultura popular e teatro, adequados para assistir em casa e de graça. Além do “Horas Breves” (dança-teatro) do Coletivo Agulha Cenas, serão apresentados os espetáculos “Circo dos Brinquedos” (Circo) da Cia Os Kaco, “As Histórias que vou te Contar da Cia UmpontoDois” (teatro de rua), “Jujubas” da Cia Jujubas (música e teatro) e “Zé: Crônicas e Poesias de José Gomes Sobrinho” (teatro e poesia) de A Barraca Cia de Artes. Os espetáculos foram gravados antes da pandemia e serão disponibilizados pelo Youtube somente durante a programação do evento, sendo um espetáculo por dia (confira o quadro).
Projeto
O projeto “Itinerários: Mostra de Artes Cênicas de Palmas” é uma realização do Coletivo Agulha Cenas com patrocínio da Fundação Cultural de Palmas e Conselho Municipal de Políticas Culturais, por intermédio do Fundo Municipal de Cultura, com o apoio do Estúdio OX, Loja Natupetit e Programa Conversa com Lubia Araújo.
O Itinerários estava previsto para acontecer de 26 a 29 de março, no Teatro Sesc Palmas, porém, foi suspenso dias antes por causa da pandemia e o decreto de cancelamentos de eventos que incidem em aglomerações.
Coletivo 
O Agulha Cenas é um coletivo de criação cênica que realiza espetáculos autorais para teatros e espaços adaptados. Desenvolve uma proposta cênica multilinguagens (dança, música, teatro) de caráter lírico, ligada à expressão de estados interiores e à musicalidade da palavra e do movimento. Trabalha com materialidades corporais, visuais, textuais, vocais e sonoras, organizadas em camadas de sentido que mantêm sua lógica interna, ao mesmo tempo que dialogam umas com as outras.
No ano de 2016, o grupo apresentou seu primeiro espetáculo, No Ciclo Eterno das Mudáveis Coisas, inspirado em textos de Fernando Pessoa e com direção de Juliano Casimiro. O segundo trabalho, Horas Breves, com direção do Sleepwalk Collective estreou em março de 2018. Entre 18 e 25 de outubro de 2018, Agulha Cenas esteve em Vitoria-Gasteiz na Espanha para um Intercâmbio Cultural. O projeto foi organizado por Sleepwalk Collective e Factoria de Fuegos com patrocínio do município de Vitoria-Gasteiz e da Fundación Vital. A terceira montagem de Agulha Cenas, Tumbeiros, estreou em junho 2019.
O Coletivo está sobre a direção dos bailarinos Renata Souza e Elton Fialho. Integram ainda como elenco os atores e bailarinos Fabrício Ferreira, Josely Rocha, Carlos Gontijo, Maria Antônia Dantas, Marcelo Caio e Liby Miranda. Na equipe técnica, iluminação, som e contrarregragem participam Daniel Mangaba e Juan D’ângelo. A cenografia e figurino é de Vivian Oliveira, fotografia de Flaviana OX e assessoria de imprensa de Cinthia Abreu.
Serviço
O quê – Itinerários: Mostra de Artes Cênicas de Palmas
Quando – Segunda a sábado, 8 a 12 de setembro
Onde – Canal Agulha Cenas no Youtube
Horário – Sempre às 19 horas
Apresentações gratuitas
Informações – (63) 9 8100-1630
Programação
08/09 – Horas Breves
09/09 – Circo dos Brinquedos
10/09 – As Histórias que vou te Contar
11/09 – Jujubas
12/09 – Zé: Crônicas e poesias de José Gomes Sobrinho