- Publicidade -

Na atualidade, temos visto por meio das redes sociais, grande parte da população Miracemense desfrutando das belezas naturais de nosso município com certa empolgação na divulgação dos nossos pontos turísticos, onde cada um preserva em sua história, determinado protagonismo na construção de nosso município.  Sabemos que estes locais, sempre foram explorados pela população de alguma forma, porém, algo diferente aconteceu neste ano de 2019: O turismo passou a ser visto como política pública de maior ênfase.

Quando o turismo passa a ter uma política pública mais efetiva, outras questões passam a ser valorizadas e, sobretudo, trabalhadas, tais como as questões sociais, econômicas e de desenvolvimento local e regional.  Devemos entender que turismo é uma ciência e como tal, necessita ser aplicada nas vertentes que fazem parte dos interesses setorializados de cada local na qual ele se desenvolve, exemplo: marketing turístico, geografia do turismo, gestão de negócios do turismo e entre outras.

Assim sendo, Miracema ao apostar em seu potencial turístico, aposta automaticamente em um processo de desenvolvimento territorial em longo prazo. Turismo em sua concepção prática é uma realidade que faz parte da vida moderna deste início do século XXI, pois ele vem de encontro com uma sociedade conectada em redes, onde o deslocamento para outros locais tanto podem ser reais, quanto virtuais.

O turismo é um fenômeno social contemporâneo, onde quem protagoniza esta relação é o sujeito de duas formas ao mesmo tempo: consumindo e produzindo.  É justamente por isso que o município de Miracema do Tocantins fez uma feliz escolha ao apostar no turismo como uma política pública mais efetiva, levando em consideração a multidisciplinaridade deste comportamento social.

A pesquisadora Rita A. Cruz em seu livro “Política de Turismo e Território”, assim define o que vem a ser uma política pública de turismo: “uma política pública de turismo pode ser definida como um associado de intenções, diretrizes e estratégias estabelecidas e ações deliberadas no âmbito do poder público, em virtude do objetivo geral de alcançar o desenvolvimento da atividade turística em um determinado território”.

De uma coisa sabemos: Existe uma iniciativa neste 2019 para o investimento no potencial turístico de Miracema e daqui em diante, não poderá mais a pauta do turismo deixar de existir ou ser apenas secundária e de poucas linhas no planejamento de gestões e planos de governo vindouros. Ocorre neste momento uma aceitação da população no investimento deste segmento ao mesmo tempo em que a própria, vem cobrando a continuidade desta discussão no decorrer do ano.

Os tempos onde se entendia por turismo em Miracema apenas o mês de julho, em razão das praias e do carnaval fora de época, tem ficado para trás. O conceito de turismo é muito além de festas, e a potencialidade do município de Miracema é grande, dado seus recursos naturais que podem continuar sendo explorados em todas as épocas do ano.

Existe uma gama cultural dentro do município que também contribui para o investimento em turismo, sem nos esquecermos que a cidade conta com um Campus da Universidade Federal do Tocatins (UFT) que pode ser um grande alicerce na estruturação do perfil turístico de nosso município através do desenvolvimento de pesquisas. Miracema optou no presente ano por um caminho diferente e isto é inegável que “algo diferente” tem acontecido em nosso município ultimamente ao se falar em turismo.

A criação do Conselho Municipal de Turismo- COMTUR, por meio da lei municipal nº587/2019 teve um grande apoio popular no seu processo de elaboração, visto que foi aprovada por unanimidade na casa legislativa do município. A própria composição do Conselho Municipal de Turismo vem de agentes sociais diversificados, ligados ao poder público, sociedade civil organizada e iniciativa privada.

Resta comprovado que somente com uma efetiva participação social, é possível regular o turismo de forma adequada e, sobretudo, fazê-lo despontar para além do território do município. Podemos citar como exemplo recente a Praia do Paredão que no decorrer de 2018, foi utilizada como cenário para algumas cenas da novela “O Outro Lado do Paraíso”, isso somente foi possível graças ao investimento inicial da própria população no local que por meio das facilidades tecnológicas de nossa era moderna, foi divulgando esta riqueza para o resto do país nos últimos anos e hoje existe um investimento público neste local.

É inegável a diversificação que o município de Miracema possui no âmbito turístico, tanto que o conjunto de todas elas colaborou de maneira inenarrável para recentemente, Miracema ter sua aprovação recentemente no Mapa Turístico do Estado do Tocantins, bem como a inscrição das praias do município no roteiro de praias do estado também.  Essa diversificação é muito além de praias, festas e belezas naturais! São modos de vida que ainda precisam ser explorados em sua riqueza cultural, tais como as folias do divino, as possíveis pinturas rupestres na Ilha da Ema e uma possível comunidade quilombola representada por uma conhecida e numerosa família, que ainda demandam reconhecimento científico, são as tradições religiosas de diversas denominações que possuem características únicas na região, enfim, Miracema em si possui o privilégio de reunir no mesmo território tanta diversidade.

Através de sua própria natureza, o Turismo se dá pelo rompimento do isolamento, provocando o contato entre diferentes culturas e ocasionando a interação entre múltiplos e diversos atores da atividade. Dessa maneira, o Turismo contribui, indiscutivelmente, entre outras causas, para inclusão social e assim, Miracema se tornará cada vez a Miracema de todas as cores.

_________________________ 

Iara Carolina atualmente é Assessora Jurídica do Município de Miracema do Tocantins-TO e professora universitária de cursos de graduação e pós-graduação. Possui Mestrado em Economia.