Deputado quer compensação para trabalhadores que atuam em temporadas de praia

As associações de barqueiros, barraqueiros e vendedores ambulantes que
prestam serviços em temporadas de praia poderão ser beneficiadas com
cestas básicas. A proposta, de iniciativa do deputado Amélio Cayres
(Solidariedade), foi encaminhada, em regime de urgência, à Mesa Diretora
da Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto) na sessão matutina desta
terça-feira, dia 29.

Para o autor da matéria, é necessária uma compensação a esses
trabalhadores, tendo em vista a suspensão de atividades comerciais e o
cancelamento da temporada de praia/2021 em diversos municípios do
Estado, por conta das medidas de restrição sanitárias em decorrência da
pandemia da Covid-19.

“Sejam ambulantes, microempreendedores e demais prestadores de serviços,
todos estão apreensivos, privados de importante oportunidade de renda.
Portanto, dependem da temporada que, em muitos casos, constitui a
principal renda do ano para sustento de suas famílias. De alguma forma,
a doação de cestas básicas pode aliviar um pouco essa situação”,
justificou Cayres.

Publicidade

Publicidade

O Tocantins conta com cerca de 40 municípios que detêm rios e lagos em
condições de realizar temporadas de praia. Para este ano, a maioria dos
gestores municipais já anunciou que não vai promover programação
oficial. Em alguns locais, porém, a visitação dos banhistas poderá
acontecer conforme regras sanitárias de distanciamento.

 

***

Penaforte Diaz
Foto: Clayton Cristus