Prof. Júnior Geo reforça demandas dos servidores sobre mudanças no Igeprev

O deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) participou na manhã desta terça-feira, 16, de audiência pública com a presença de representantes dos sindicatos para discutir a Medida Provisória Nº 06/2020 que promove alterações no Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev). Os sindicalistas questionam principalmente a redução no número de conselheiros do Conselho de Administração de 14 para 6; e do Conselho Fiscal, de 6 para 4.

Na ocasião, o deputado reforçou o seu posicionamento na permanência do número de membros. “O meu parecer que foi devolvido a esta comissão, ele retorna o número de membros dos conselhos, tanto Conselho de Administração, como também do Conselho Fiscal à quantidade original de 14 membros ao de Administração e 6 membros ao Conselho Fiscal”, afirmou.

Ainda em maio, quando recebeu a relatoria da MP, o parlamentar realizou uma reunião online com os representantes para ouvir as sugestões de emendas a serem feitas no relatório final que será apresentado na Comissão de Administração, Trabalho, Defesa do Consumidor, Transporte, Desenvolvimento Urbano e Serviço Público. “Os apontamentos e sugestões por parte dos sindicatos e servidores que entraram em contato conosco foram devidamente ouvidos e respeitados dentro da sua legitimidade e legalidade”, disse Geo.

Concurso

Em sua fala, o deputado ainda pontuou sobre a necessidade da realização de um concurso público para o Igeprev. “A situação é preocupante. O Governo do Estado tem que urgentemente fazer um concurso para que o IGEPREV tenha um quadro próprio de servidores, porque quando tiver um quadro próprio de servidores, um quadro mais técnico e especializado, nós teremos um pouco mais de produtividade e respeito em relação ao recurso que lá se encontra, recurso que garantirá a aposentadoria de todos aqueles que hoje estão aposentados e daqueles que amanhã possam vir a se aposentar”, afirmou.

___

Isadora Fontes