EXCLUSIVO: Entrevista com o Senhor Sólon Póvoa, uma viagem no tempo sobre a história política de Dianópolis, do Sudeste e do Tocantins

Para o Senhor Sólon, a política dos dias atuais é uma verdadeira “esculhambação”, e que a maior parte dos políticos precisam “Ter vergonha na cara”.

Publicidade

Publicidade

O portal Tocantins Agora, entrevistou ainda no ano de 2020 o senhor Sólon Póvoa, na época o projeto original seria lançar um jornal impresso. Reeditamos a entrevista que continua atualíssima.

Para o Senhor Sólon, a política dos dias atuais é uma verdadeira “esculhambação”, e que a maior parte dos políticos precisam “Ter vergonha na cara”.

Sem esconder como era a realidade das campanhas eleitorais de antigamente, Póvoa revela como funcionavam os ditos “Currais eleitorais”, ao passo que afirma que teve grandes decepções no universo político.

-- Publicidade --

Gravado em dezembro de 2020, ano em que o ex-presidente Jair Bolsonaro assumiu seu mandato, Sólon Póvoa disse que, sua maior alegria política foi assistir a vitória e posse de Bolsonaro.

Sólon fala de dinheiro que já lhe ofereceram e da recusa em apoiar candidatos que, em sua opinião não mereciam os votos da população em uma época que ele tinha (e ainda tem) forte influência. Já que grande parte da população sempre o acompanhava no apoio e voto dos candidatos indicados por ele.

 

Confira a íntegra da entrevista com o homem que por muito tempo moldou a realidade política da região Sudeste tocantinense: