Taguatinga já imunizou mais de 30% da população contra o Coronavírus.

Desde o início da pandemia, Taguatinga tem se destacado como um município referência no combate ao novo Coronavírus no Sudeste do estado. E quando o assunto é vacina, os números mostram um resultado acima da média. Até o final desta sexta-feira, 02 de julho, 6926 doses foram aplicadas no município, 5328 primeira dose e 1598 segunda.
Ou seja, os dados revelam que, em uma população de 16.815 habitantes, segundo censo de 2020, 31,67% da população taguatinguense já está imunizada com a primeira dose da vacina contra a Covid19.
No Brasil, o número de vacinados com a primeira dose está em 12,55%, o que demonstra mais uma vez o compromisso da Prefeitura de Taguatinga com a saúde pública municipal, que coloca o trabalho de combate a Covid19 da vacinação acima da média nacional.
Publicidade

Publicidade

Além dos grupos prioritários, o município está imunizando pessoas sem comorbidades, com idade entre 45 e 49 anos. Na próxima semana, o município já deve iniciar a vacinação para a faixa etária acima de 40 anos.
Além da eficiência no plano municipal de vacinação, a Prefeitura de Taguatinga, tem diariamente mostrado seu esforço no combate a pandemia, com plano de enfrentamento, a exemplo da ampliação de leitos, além de contratação de mais profissionais para atendimento no Hospital Municipal São João Batista.
“Seguimos avançando com a vacinação e também com as medidas de enfrentamento da pandemia. Logo adentraremos na faixa etária de 30 a 39 anos e teremos mais segurança para a retomada das atividades, que hoje atuam com redução de horário e público. Estamos acima da média nacional e estadual e isso é resultado de um trabalho sério, transparente e eficiente de uma equipe que tem compromisso com a cidade”, disse o prefeito Paulo Roberto, afirmando que o município não tem medido esforços no combate a pandemia, destacando os inúmeros decretos publicados em referência as normas de convivência e restrição para o período, enfatizando a atuação dos profissionais como peça fundamental na redução dos casos do município, que hoje, conta apenas com 25 casos ativos

 

***

Ceila Menezes