Professor Júnior Geo destaca ações voltadas para polícia civil e militar do Estado

Em homenagem aos policiais civis e militares, comemorado nesta quarta-feira, 21, o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) parabenizou estes profissionais pela dedicação e comprometimento com a segurança e destacou as diversas solicitações que tem feito ao Estado, ao longo de seu mandato, na busca por soluções e medidas para as demandas da categoria. “Foram muitos os momentos em que apresentei requerimentos a fim de garantir os direitos e melhorias para os serviços dos policiais”, destaca Geo.

Concurso

Por diversas vezes o deputado cobrou a realização de concurso público para a Segurança Pública do Estado. Segundo Geo, o número de efetivos da Polícia Militar não condiz com o aumento da população no estado. “A polícia está sobrecarregada com as demandas da população. Não podemos fechar os olhos para os erros que estão sendo cometidos. O gestor público arrecada impostos para gerir e uma boa gestão é o que a sociedade espera”

Em março deste ano, após ter cobrado inúmeras vezes, com a apresentação de requerimentos e de ter levado o tema à tribuna, o deputado estadual Professor Júnior Geo (PROS) celebrou a notícia do Governo do Estado sobre a nomeação dos 46 aprovados no concurso da Polícia Civil durante solenidade no Palácio Araguaia. “Depois de muita luta e reivindicações junto aos aprovados do concurso, realizado em 2014, alcançamos essa conquista”, pontua.

Garantia dos direitos

Outra preocupação do parlamentar é sobre a possibilidade dos profissionais da segurança pública em obterem a concessão de aumentos, progressões e promoções funcionais, possibilitando o reajuste salarial para esses profissionais. “Eles colocam suas vidas em risco, pois estão na linha de frente de combate à propagação do vírus, por isso, deveriam ter suas progressões e reajustes salariais recebidos e seus esforços reconhecidos. O reajuste é um direito garantido e que se encontra suspenso”, destaca o parlamentar.

Publicidade

Publicidade

Geo também apresentou requerimento solicitando o pagamento das horas extras para os agentes da Polícia Civil do Estado do Tocantins de forma permanente, durante toda a carreira dos servidores

Emendas parlamentares

Somente em 2019, o deputado destinou para a segurança pública um montante de R$ 700 mil para ações de reforma e estruturação de batalhões da Polícia Militar, fortalecimento da Polícia Civil em programas de medidas estratégicas contra a corrupção, entre outros. Por acreditar no potencial do trabalho preventivo de drogas e de violência na sala de aula das escolas, destinou emendas para o Programa Educacional e Gestão Contra Drogas do Comando Geral – PROERD.

Infraestrutura

Em discurso na tribuna da Assembleia Legislativa do Tocantins, o deputado também cobrou do Governo informações referentes à ausência de pagamentos dos aluguéis de imóveis utilizados pela Polícia Civil do Estado. Conforme o Diário Oficial do dia 9 de março de 2020, o Executivo publicou diversos Termos de Reconhecimento de Dívidas referentes ao ano de 2019, que somam mais de um milhão de reais. “Nos deparamos novamente com a mesma problemática em relação à ausência de pagamento de aluguéis de prédios da Segurança Pública, por que a segurança pública não é devidamente beneficiada com prédios pagos com normalidade?”, questionou o parlamentar.

Pandemia

Durante esse momento de pandemia, Geo tem solicitado ao Estado algumas medidas que visam viabilizar o trabalho da polícia. Para isso, solicitou o fornecimento de equipamentos de proteção individual (máscaras, luvas, óculos de proteção, álcool em gel, álcool 70% e toalhas de papel) aos Policiais e Bombeiros Militares do Estado do Tocantins, que se encontram na linha de frente do combate ao Coronavírus. Além disso, o deputado também apresentou outros requerimentos solicitando ao Estado maior intensidade nos esforços para a vacinação da população, com destaque para os servidores que se encontram na linha de frente, como é o caso dos policiais.