Corrégo Getúlio transborda com chuva forte causando transtornos e prejuízos em Dianópolis

Publicidade

Publicidade

A forte chuva deste sábado, 16, causou alguns transtornos e prejuízos em Dianópolis. A defesa civil nem o corpo de bombeiros souberam precisar até o fechamento desta matéria a quantidade em milímetros do temporal, contudo, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de água esperado para este sábado era de apenas 6 mm.

O rio Getúlio transbordou e, na altura da rua Benedito Póvoa (rua que dá acesso ao bar dos advogados) causou muitos transtornos, em imagens enviadas ao portal é possível ver um veículo, caminhonete Hillux, quase que totalmente submersa.

Outro morador, proprietário de um carro popular teve prejuízo estimado em mais de R$ 25.000,00 (vinte e cinco mil reais) tendo estragado o motor de seu veículo que estava estacionando próximo do local.

-- Publicidade --

O Hospital Regional de Dianópolis (HRD) também teve que enfrentar alguns transtornos com a forte chuva deste sábado que foi a mais intensa do ano, no vídeo abaixo é possível conferir a recepção do hospital alagada em meio a pacientes que aguardavam serem atendidos.

No setor nova cidade, na rua Mestre Almeida (antiga Rua C) o que preocupa os moradores é uma cratera que foi formada ainda no mês de março, quando finalizavam as chuvas do ano passado. O portal sudeste agora já realizou entrevista no local mostrando a situação. Vizinha a esta cratera, a moradora do setor, D. Maria da Conceição, em entrevista por telefone nos informou que a prefeitura havia interditado o local, colocando placas e bloqueando a passagem com uma barreira de terra, contudo, esta barreira também já foi levada pela chuva, informou, os moradores do setor afastaram as placas de interdição e estão transitando pelo local que oferece risco e é instável. “Olha, o buraco está de birra e não abriu mais, e a gente tem é que agradecer por isso, por que está difícil acreditar que a prefeitura vai conseguir arrumar ainda esse ano com essa chuva toda”, relatou a moradora.